???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/644
Tipo do documento: Tese
Título: Investigação da circulação dos vírus chikungunya, dengue, febre amarela e zika em mosquitos Aedes, através das ferramentas de análise espacial associadas às técnicas moleculares
Autor: Parra, Maisa Carla Pereira 
Primeiro orientador: Nogueira, Maurício Lacerda
Primeiro membro da banca: Dibo, Margareth Regina
Segundo membro da banca: Cunha, Mariana Sequetin
Terceiro membro da banca: Mazaro, Carolina Colombeli Pacca
Resumo: Os arbovírus causam anualmente milhares de casos ao redor do mundo e por este motivo, são considerados um importante problema de saúde pública. Dentre eles, podemos destacar Chikungunya (família Togaviridae e gênero Alphavirus) e Febre Amarela, Dengue e Zika (família Flaviviridae, gênero Flavivirus). Ambos transmitidos ao homem através da picada da fêmea de mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. A identificação dos locais com altos índices de infestação vetorial e/ou com alta incidência de casos das doenças é de suma importância para medidas de controle eficazes. A associação entre técnicas de análise espacial, técnicas de biologia molecular para identificação da circulação viral tanto em humanos quanto em seus vetores e a ocorrência de doenças infecciosas são importantes ferramentas de controle destes patógenos. OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi o emprego de ferramentas de análise espacial associadas a estudos entomológicos e epidemiológicos que forneçam importantes informações sobre a circulação viral em uma localidade, direcionando os trabalhos de equipes de campo para áreas mais críticas, gerando ações de controle eficazes. MATERIAIS E MÉTODOS: Para a realização deste estudo, fizemos um levantamento larvário e coleta de mosquitos adultos para o cálculo dos indicadores entomológicos no bairro Vila Toninho, SJRP. E o levantamento dos casos de destas arboviroses no bairro, utilizando-se de dados secundários obtidos junto a Secretária de Saúde do município. Os pools (amostras) de mosquitos adultos foram identificados e separados por espécie e sexo, contendo no máximo 10 exemplares de mosquitos por tubo (coletados na mesma armadilha e no mesmo dia) que foram analisados por meio das técnicas de biologia molecular para identificação da circulação dos vírus chikungunya, febre amarela, dengue e zika. Todas as informações relativas ao vetor ou aos casos foram geocodificadas e mapas temáticos foram construídos. Informações relativas as variações climáticas foram coletadas do site Ciiagro online. RESULTADOS: Foram coletados 7.960 mosquitos culicídeos, destes 1.795 eram Ae. aegypti e 14 Ae. albopictus. Um total de 751 pools foram analisados através de técnicas de biologia molecular para identificação viral, destes 33,57% foram positivos para um dos quatro virus estudados, sendo 2,8% positivos para chikungunya, 5,06% positivos para dengue, 1,46% positivos para febre amarela e 14.25% positivos para zika. Os meses mais quentes e úmidos de cada ano apresentaram as maiores porcentagens de amostras positivas, tanto em relação aos casos humanos quanto aos mosquitos. CONCLUSÃO: Concluímos que ocorreu uma infestação vetorial por mosquitos Aedes no bairro Vila Toninho, SJRP, durante todo o período do estudo, e que encontramos os maiores índices entomológicos entre os meses da primavera e verão, que são os meses mais quentes e úmidos, o que favorece a proliferação vetorial e consequentemente das arboviroses em humanos. Também encontramos a circulação dos vírus chikungunya, dengue, febre amarela e zika em mosquitos Ae. aegypti e Ae. albopictus. Portanto, concluímos que estudos entomológicos que consideram as variáveis climáticas e a investigação da circulação viral de arbovírus em mosquitos e humanos em regiões endêmicas são importantes ferramentas no auxilio as autoridades de saúde na tomada de decisões.
Abstract: Worldwide, arboviruses cause thousands of cases every year and for this reason they are considered an important public health issue. Among them, we can point out Chikungunya (Togaviridae family and genus Alphavirus) and Yellow Fever, Dengue and Zika (Flaviviridae family, genus Flavivirus). Both transmitted to the man through the bite of the female Aedes aegypti and Aedes albopictus mosquitoes. The identification of areas with high rates of vector infestation and/or high incidence of disease cases is of the utmost importance for effective control measures. The association between spatial analysis techniques, molecular biology techniques for the identification of viral circulation both in humans and their vectors and the occurrence of infectious diseases are important tools for the control of these pathogens. OBJECTIVES: The objective of this study was the use of spatial analysis tools associated with entomological and epidemiological studies that can provide important information about the viral circulation in a location, directing the work of field teams to more critical areas, thereby generating effective control actions. MATERIALS AND METHODS: For this study, we did a larval survey and collection of adult mosquitoes for the calculation of entomological indicators in Vila Toninho neighborhood, SJRP. And the survey of the cases of these arboviruses in the neighborhood, using secondary data obtained from the Municipal Health Secretary. The pools (samples) of adult mosquitoes were identified and separated by species and sex, containing a maximum of 10 mosquitoes per tube (collected in the same trap and on the same day) that were analyzed using molecular biology techniques to identify the circulation of Chikungunya, Yellow Fever, Dengue and Zika viruses. All vector or case information was geocoded and thematic maps were constructed. Information regarding climatic variations has been collected from Ciiagro online site. RESULTS: A total of 7,960 Culicidae mosquitoes were collected, from these 1,795 were Ae. aegypti and 14 Ae. albopictus. A total of 751 pools were analyzed using molecular biology techniques for viral identification; of these 33.57% were positive for one of the four viruses studied, being 2.8% positive for Chikungunya; 5.06% positive for Dengue; 1.46% positive for Yellow Fever and 14.25% positive for Zika. The hottest and wettest months of each year showed the highest percentages of positive samples, both for human and for mosquitoes’ cases as well. CONCLUSION: We concluded that a vectorial infestation by Aedes mosquitoes occurred in Vila Toninho, SJRP, throughout the study period, and that we have found the highest entomological rates between the spring and summer months, which are the hottest and wettest months, which favors the vectorial proliferation and consequently of arboviruses in humans. We also found the circulation of chikungunya, dengue, yellow fever and zika viruses in Ae. aegypti and Ae. albopictus mosquitoes. Therefore, we concluded that entomological studies that consider the climatic variables and the investigation of the viral circulation of arboviruses in mosquitoes and humans in endemic regions are important tools in supporting health authorities in decision-making. Conclusion: We concluded that a vectorial infestation by Aedes mosquitoes occurred in Vila Toninho, SJRP, throughout the study period, and that we have found the highest entomological rates between the spring and summer months, which are the hottest and wettest months, which favors the vectorial proliferation and consequently of arboviruses in humans. We have also found the circulation of Chikungunya, Dengue, Yellow Fever and Zika viruses in Ae. aegypti and Ae. albopictus mosquitoes. Therefore, we concluded that entomological studies that consider the climatic variables and the investigation of the viral circulation of arboviruses in both mosquitoes and humans in endemic regions are important tools in supporting health authorities in decision-making.
Palavras-chave: Epidemiologia
Epidemiology
Dengue
Dengue
Aedes
Aedes
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: Parra, Maisa Carla Pereira. Investigação da circulação dos vírus chikungunya, dengue, febre amarela e zika em mosquitos Aedes, através das ferramentas de análise espacial associadas às técnicas moleculares. 2020. 154 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1529
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/644
Data de defesa: 17-Nov-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File SizeFormat 
MaisaCarlaPereiraParra_Tese.pdf14,98 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.