???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/536
Tipo do documento: Dissertação
Título: Padrões de trajeto de fístulas coronarianas com ou sem cardiopatia congênita: análises epidemiológica, ecocardiográfica e computacional
Autor: Cobo, Daniel Leonardo 
Primeiro orientador: Batigália, Fernando
Primeiro membro da banca: Croti, Ulisses Alexandre
Segundo membro da banca: Audi, Mauro
Resumo: Fístula de artéria coronária (FAC) é conexão direta de uma ou mais artérias coronárias às câmaras cardíacas ou a um grande vaso. Prevalece em 0,002% da população e em 0,4% das malformações cardíacas. Objetivo: Em virtude de sua raridade e pela potencial contribuição clínico-cirúrgica de sua caracterização morfológica, o presente estudo tem por objetivo estabelecer padrões de trajeto de FAC a partir de dados ecocardiográficos e computacionais. Metodologia: Após aprovação ética, foram considerados 7.183 prontuários eletrônicos de crianças (portadoras ou não de doença cardíaca) submetidas a exame ecocardiográfico bidimensional Doppler colorido (modelo Philips Healthcare® HD 11 e HD 15), segundo diretrizes da American Society of Echocardiography. Variáveis epidemiológicas consideradas compreenderam idade, sexo e cardiopatia associada ou não. Variável morfológica consistiu em avaliar possível padrão de trajeto de FAC descrito em laudos ecocardiográficos para reconstrução tridimensional pelo software Cinema 4DR19 de modelagem, texturização e animação. Análise estatística incluiu avaliação descritiva e testes de Regressão Linear, Kruskal Wallis e Correlação de Spearman, com nível de significância de 5%. Resultados: Epidemiologia de FAC evidenciou faixa etária mais acometida até 180 dias de vida (46,15%); sexo masculino ou feminino (50% cada); e presença de outra cardiopatia em 96,15% dos casos. Não houve evidências estatísticas significantes para FAC. Dos 7.183 prontuários considerados, 26 casos (0,0036%) apresentaram FAC visível ao exame ecocardiográfico: de artéria coronária direita (ACD) para ventrículo direito (VD) (26,92%), de artéria coronária esquerda (ACE) para VD (23,08%), de ramo interventricular anterior (RIVA) para VD (23,08%), de ACD para átrio direito (11,54%), de ACE para tronco pulmonar (TP) (7,69%) e de RIVA para TP (7,69%). Conclusão: FAC é entidade anatomoclínica incomum, tende a acometer crianças nos primeiros seis meses de vida, com prevalência similar entre os sexos. Ecocardiograma é exame de escolha inicial para diagnóstico de FAC devido a apropriado custoefetividade, não-invasivibilidade, portabilidade e elevado potencial de investigações morfológica e hemodinâmica cardíacas. Em análises ecocardiográficas, fístulas em artéria coronária direita, esquerda ou em ramo interventricular anterior representam cerca de um terço dos casos cada, com drenagem prioritária para câmaras cardíacas direitas. Em virtude de sua raridade, a representação computacional em três dimensões de FAC contribui para melhor entendimento imagenológico, e pode, assim, auxiliar o planejamento cirúrgico.
Abstract: Coronary artery fistula (CAF) is a direct connection of one or more coronary arteries to cardiac chambers or a large vessel. It prevails in 0.002% of the population and in 0.4% of cardiac malformations. Objective: Due to its rarity and the potential clinical and surgical contribution of its morphological characterization, the present study aims to establish CAF path patterns from echocardiographic and computational data. Methodology: After ethical approval, 7.183 electronic medical records of children (cardiac or noncardiac disease patients) were submitted to two-dimensional color Doppler echocardiography (Philips Healthcare® HD 11 and HD 15 model) according to American Society of Echocardiography guidelines. Epidemiological variables considered included age, sex and associated or non-associated heart disease. Morphological variable considered to evaluate possible path pattern of FAC described in echocardiographic reports for three-dimensional reconstruction by Cinema 4DR19 software for modeling, texturing and animation. Statistical analysis included descriptive evaluation and Linear Regression, Kruskal Wallis and Spearman Correlation tests, with a significance level of 5%. Results: Epidemiology of CAF evidenced more affected age group up to 180 days of life (46.15%); male or female (50% each); and presence of another heart disease in 96.15% of the cases. There was no significant statistical evidence for CAF. Of the 7.183 medical files considered, 26 cases (0.0036%) presented visible AF on echocardiographic examination: of the right coronary artery (RCA) for right ventricle (RV) (26.92%), left coronary artery (LCA) for RV (23.08%), anterior interventricular branch (AIB) for RV (23.08% ), from RCA to right atrium (11.54%), LCA to pulmonary trunk (PT) (7.69%) and AIB to PT (7.69%). Conclusion: CAF is an unusual anatomical entity, tends to affect children in the first six months of life, with a similar prevalence between the sexes. Echocardiogram is the initial choice exam for CAF diagnosis due to its appropriate cost-effectiveness, non-invasiveness, portability and high potential for morphological and cardiac hemodynamic investigations. In echocardiographic analyzes, right, left or anterior interventricular branch fistulas represent about one third of the cases each, with priority drainage for right heart chambers. Because of its rarity, three-dimensional computational representation of CAF contributes to better imaging understanding, therefore, it can aid at the surgical planning.
Palavras-chave: Cardiopatias Congênitas
Heart Defects, Congenital
Vasos Coronários
Coronary Vessels
Ecocardiografia
Echocardiography
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: Cobo, Daniel Leonardo. Padrões de trajeto de fístulas coronarianas com ou sem cardiopatia congênita: análises epidemiológica, ecocardiográfica e computacional. 2018. 71 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1414
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/536
Data de defesa: 7-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielLeonardoCobo_Dissert.pdfDocumento principal3,38 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.