???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/495
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vivência de transexuais e suas potencialidades humanas
Autor: Simão, Guilherme Faquim 
Primeiro orientador: Pinto, Maria Jaqueline Coelho
Primeiro membro da banca: Miyazaki, Maria Cristina Santos de Oliveira
Segundo membro da banca: Pinto, Maria Helena
Resumo: A transexualidade é uma das diversas formas de expressões sexuais atuais. É compreendida como uma não concordância entre o sexo biológico e o gênero pelo qual a pessoa se identifica e gostaria de ser reconhecida socialmente. Objetivo: avaliar atributos de vida de pessoas transexuais de um Serviço de Atendimento Especializado - ambulatório TT de uma cidade do interior do estado de São Paulo, e compreender os significados e sentidos atribuídos por eles à sua vivência trans. Método: o estudo foi realizado através de duas metodologias: a primeira, quantitativa, para avaliar e identificar potencialidades, oriundas da Psicologia Positiva, para a prevenção de possíveis transtornos mentais. Para tal, foram aplicados os seguintes instrumentos: Escala de Satisfação de Vida (ESV), de Afetos Positivos (AP) e Negativos (AN), de Autoestima de Rosenberg, de Autoeficácia Geral, Teste para Avaliar Otimismo (LOT-R), Escala Esperança Cognitiva e de Esperança Disposicional. A segunda, qualitativa na abordagem fenomenológica, cujas entrevistas foram realizadas e mediadas pela seguinte questão: “Como é para você a vivência transexual?”. Os instrumentos foram analisados quantitativamente e para a análise dos relatos, utilizou-se da leitura e re-leitura, discriminação das unidades de significados, elaboração de categoria e identificação das convergências e divergências nos discursos. Resultados: Com base em um delineamento descritivo, participaram 8 transexuais, 4 masculinos (MtF) e 4 femininos (FtM), idade média de 23 anos (± 8,73). Os resultados das escalas indicaram que a maioria dos transexuais apresentaram em seus atributos psicológicos, resultados na média ou acima da média, quando comparados aos sujeitos avaliados para normatização dos instrumentos. Na análise dos depoimentos foram destacadas as categorias: vivências da infância: autopercepção; vivências da escola: bullying; vivências da adolescência: novas descobertas; vivências do corpo: hormonização; vivências familiares: aceitação e discriminação; relações afetivas sexuais; nome social. Na compreensão/interpretação dos relatos evidenciou-se que a infância é demarcada pela dúvida e inclinação ao gênero oposto desde muito pequenos, e que o ambiente escolar se mostra ameaçador, excludente e permeado pelo preconceito, o que contribui vigorosamente para a evasão. A passagem pela adolescência perpassa pela vivência da homossexualidade até o reconhecimento de sua real identidade de gênero, vivenciada pela maioria dos transexuais. Junto ao reconhecimento de sua identidade, acentua-se o desejo de se readequarem corporalmente via hormônios e/ou cirurgia. No âmbito familiar observam-se pessoas que aceitam ou não a condição transexual, e a violência física/verbal que muitos deles sofrem ao assumirem sua identidade de gênero. Por fim, foi destacado o uso do nome social como forma de serem reconhecidos e legitimados enquanto pessoas e respeitados a partir da sua identidade de gênero. Faz-se necessário a realização de mais estudos acerca do tema, sobretudo em relação à ressignificação do conceito patológico e reducionista da transexualidade. Conclusão: embora experienciem várias adversidades em função de sua condição transexual, os colaboradores apresentaram diversos fatores virtuosos e saudáveis, mostrando-se em geral esperançosos, perseverantes e otimistas, além de vivenciar experiências similares, como apontadas na maioria dos discursos.
Abstract: Currently, Transsexuality is one of the various forms of sexual expression. It is understood as a disagreement between biological sex and gender by which the person is identified and would be socially recognized. Objective: To assess life attributes of transsexual people from a Specialized Service - TT outpatient clinic in a city in the interior of São Paulo state, and to understand the meanings and senses attributed by them to their trans-experience. Method: The study was carried out in two moments: first, quantitative, to assess and identify potentialities from Positive Psychology, for the prevention of possible mental disorders. For this, the following instruments were applied: Life Satisfaction Scale (LSS), Positive Affects (PA) and Negative (N A), Rosenberg Self-Steem, General Self-Efficacy, Test to Evaluate Optimism (LOT-R), Cognitive Hope and Dispositional Hope Scale. The second, qualitative on the phenomenological approach, whose interviews were carried out and mediated by the following question: "How is transsexual living for yourself?”. The instruments were quantitatively analyzed, and for the analysis of the reports, reading and re-reading, discrimination of units of meanings, elaboration of category and identification of convergences and divergences in discourses were used. Results: Based on a descriptive design, eight transsexuals, four male (MtF) and four female (FtM), mean age of 23 years (± 8.73) participated. The results of the scales indicated that most of the transsexuals presented results in average or over the average in their psychological attributes, when compared to the subjects evaluated for normalization of the instruments. In the analysis of the reports, the following categories were stood out: childhood experiences: self-perception; school experiences: bullying; experiences of adolescence: new discoveries; body experiences: hormonalization; family experiences: acceptance and discrimination; sexual affective relationships; social name. In the understanding / interpretation of the reports, childhood was distinguished by the doubt and inclination to the opposite gender since they were very small, and that the school environment could be threatening, excluding and permeated by the prejudice, which mainly contributes to the evasion. The adolescence transition goes through the experience of homosexuality until the recognition of their real gender identity, experienced by most transsexuals. Along with the recognition of their identity, the desire to be bodily readmitted through hormones and / or surgery is enhanced. Into the family environment, some people accept or not the transsexual condition, and the physical / verbal violence that many of them suffer when assuming their gender identity. Finally, the use of the social name was highlighted as a way of being recognized and legitimized as people and respected based on their gender identity. Further studies are necessary to carry out on this subject, especially in relation to the re-signification of the pathological and reductionist concept of transsexuality. Conclusion: Although they have experienced many adversities due to their transsexual condition, the collaborators presented several virtuous and healthy factors, showing, in general, as being hopeful, persevering and optimistic, presenting also similar experiences pointed out in most of their reports.
Palavras-chave: Transsexualism
Etiology
Gender Identity
Transexualismo
Etiologia
Identidade de Gênero
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 2::Departamento 3::2806819863218485658::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia::2588426296948062698::500
Citação: Simão, Guilherme Faquim. Vivência de transexuais e suas potencialidades humanas. 2017. 94 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1369
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/495
Data de defesa: 20-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GuilhermeFaquimSimão_dissert.pdfDocumento principal2,53 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.