???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/361
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ansiedade, depressão e engagement no trabalho em aprimorandos e aperfeiçoandos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto/SP
Autor: Gonsalez, Elizangela Gianini 
Primeiro orientador: Pinto, Maria Helena
Primeiro coorientador: Lourenção, Luciano Garcia
Primeiro membro da banca: Silva, Magali Aparecida Orate Menezes da
Segundo membro da banca: Molinari, Karina Martins
Resumo: Introdução: Os programas de residência médica, residência multiprofissional e aprimoramento profissional são modalidades de ensino caracterizadas pelo treinamento em serviço sob supervisão de profissionais qualificados, buscando o desenvolvimento de habilidades e competências pelos profissionais recém-graduados, em diferentes especialidades. O processo de trabalho nos programas de formação em serviço são apontados como desgastantes, produzindo distúrbios físicos e emocionais que comprometem a qualidade de vida, o bem-estar e a satisfação dos profissionais e, consequentemente, prejudicam a qualidade da assistência à saúde dos usuários dos serviços de saúde. Alterações psicológicas como ansiedade e depressão podem surgir entres os profissionais em formação nos programas de residência e aprimoramento profissional. Objetivos: Avaliar os níveis de ansiedade, depressão e engagement dos profissionais matriculados nos Programas de Aprimoramento e Aperfeiçoamento Profissional em Saúde de uma Instituição de Ensino Superior do interior do Estado de São Paulo. Métodos: Trata-se de um estudo transversal descritivo, de base populacional realizado entre os profissionais matriculados nos Programas de Aprimoramento e Aperfeiçoamento Profissional em Saúde. Os dados foram coletados entre os meses de novembro de 2013 a fevereiro de 2014, utilizando-se instrumentos: um elaborado pelos autores, para coleta dos dados Sociodemográficos, a Escala de Ansiedade de Beck (BAI), a Escala de Depressão de Beck (BDI-II) e a Utrecht Work Engagement Scale (UWES) constituída de 17 questões distribuídas nas dimensões vigor, dedicação e absorção. Resultados: Participaram do estudo 82 profissionais de diferentes áreas profissionais, sendo 31 aprimorandos e 51 aperfeiçoandos; 85,4% eram do sexo feminino; a faixa etária variou de 22 a 32 anos, com mediana de 25 anos; 90,2% solteiros, 59,8% estavam satisfeitos com o trabalho e 61,0% já pensou em desistir do programa. Os níveis de ansiedade e depressão entre os profissionais foram de 46,8%. Houve associação entre os níveis de ansiedade e depressão (p=0,001). Os níveis de engagement foram muito altos na dimensão vigor, altos na dimensão dedicação e no escore geral, e médio na dimensão absorção (71,61%, 58,03%, 53,75% e 51,22% dos profissionais, respectivamente). Conclusão: Os níveis de ansiedade e depressão encontrados são significativos e evidenciam a presença de fatores desestimulantes e/ou desgastantes relacionados ao processo de formação nos programas avaliados. Contudo, estes profissionais apresentaram relação positiva com o trabalho, são responsáveis, motivados e dedicados ao trabalho e aos pacientes. Reforça-se, portanto, que o conhecimento sobre a realidade dos profissionais matriculados em programas de aprimoramento e aperfeiçoamento profissional em saúde é fundamental para a análise e intervenção sobre os fatores negativos, bem como fortalecimento dos aspectos positivos do ambiente/processo de formação, assegurando maior desenvolvimento do profissional.
Abstract: Introduction: residency programs, multidisciplinary residency and professional development are teaching modalities characterized by in-service training under the supervision of qualified professionals seeking to develop skills and competencies by newly graduates in different specialties. The work process in-service training programs are seen as stressful, producing physical and emotional disorders that compromise the quality of life, well-being and professional satisfaction and consequently damage the health care quality of users' health services. Psychological disorders such as anxiety and depression may arise between professional training in residency programs and professional development. Objectives: To assess levels of anxiety, depression and engagement of professionals enrolled in the Enhancement Programs and Professional Improvement in Health of a higher education institution in the state of São Paulo. Methods: This is a descriptive cross-sectional study, a population-based conducted among professionals enrolled in the Enhancement Programs and Professional Improvement in Health Data were collected between the months of November 2013 to February 2014, using instruments: one prepared by the authors, to collect the Sociodemographic data, the Beck Anxiety Scale (BAI), Beck Depression Scale (BDI-II) and the Utrecht Work Engagement Scale (UWES) consists of 17 questions divided in force size, dedication and absorption. Results: The study included 82 professionals from different professional areas, 31 aprimorandos and 51 aperfeiçoandos; 85.4% were female; the age range was 22-32 years old, with a median of 25 years; 90.2% single, 59.8% were satisfied with the work and 61.0% thought about quitting the program. The levels of anxiety and depression among professionals have been 46.8%. There was an association between levels of anxiety and depression (p = 0.001). The levels of engagement were very high in the force size, high dedication dimension and overall score, and medium in size absorption (71.61%, 58.03%, 53.75% and 51.22% of the professionals, respectively). Conclusion: The levels of anxiety and depression found are significant and evidence the presence of discouraging factors and/or stressful related to the training process in the programs evaluated. However, these professionals were closely related work, are responsible, motivated and dedicated to work and patients. It is stressed, however, that knowledge about the reality of professionals enrolled in improvement and professional development programs in health is critical to the analysis and intervention on the negative factors and strengthen the positive aspects of the environment / training process, ensuring further development of the professional.
Palavras-chave: Health Personnel
Internship and Residency
Anxiety
Depression
Burnout, Professional
Job Satisfaction
Pessoal de Saúde
Internato e Residência
Ansiedade
Depressão
Esgotamento Profissional
Satisfação no Emprego
Área(s) do CNPq: ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA::5647390027954931658::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 2::2907770059257635076::600
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem::5708931012041588413::500
Citação: Gonsalez, Elizangela Gianini. Ansiedade, depressão e engagement no trabalho em aprimorandos e aperfeiçoandos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto/SP. 2016. 61 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1257
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/361
Data de defesa: 18-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
elizangelagianinigonsalez_dissert.pdfelizangelagianinigonsalez_dissert1,14 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.