Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/171
Tipo do documento: Dissertação
Título: Diagnóstico da tuberculose: avaliação da estrutura dos serviços de saúde que atuam como porta de entrada
Autor: Balderrama, Priscila 
Primeiro orientador: Vendramini, Silvia Helena Figueiredo
Primeiro membro da banca: Monroe, Aline Aparecida
Segundo membro da banca: Santos, Maria de Lourdes Sperli Geraldes
Resumo: Introdução: A tuberculose configura-se como problema de saúde pública de relevância mundial. É consenso que a eficácia do tratamento relaciona-se ao modo como as ações de controle são desempenhadas na Atenção Básica ou Primária, de modo que a infra-estrutura, organização do processo de trabalho e dificuldades de acesso mostram-se relevantes no desempenho. Objetivo: Avaliar a estrutura dos serviços que atuam como porta de entrada para o diagnóstico da TB, na percepção dos profissionais de saúde. Materiais e Métodos: Foram entrevistados 160 profissionais que atuavam em Unidades Básicas de Saúde, Saúde da Família e Pronto Atendimento, em São José do Rio Preto, no ano de 2009. As entrevistas foram realizadas por meio de questionário que utilizou a escala de Likert variando de um a cinco, com análise das seguintes variáveis: sexo e anos de trabalho no serviço de saúde; horário de funcionamento da Unidade, rotatividade de recursos humanos, disponibilidade de profissionais no serviço de saúde, tempo em que os usuários levam para atendimento, percepção quanto à falta de conhecimento da doença pelos profissionais que atuam na Unidade, existência de sobrecarga de trabalho, adequação de local para a coleta de escarro no serviço; existência de pote para coleta de escarro, geladeira para o acondicionamento de material biológico, formulário para pedido de baciloscopia e sala de raio-x na Unidade. Estes indicadores também foram analisados individualmente e comparados entre os serviços de saúde, utilizando a análise de variância (ANOVA), com o uso do teste F e comparação múltipla entre médias por meio da aplicação do teste de Tukey. Resultados: Predomínio de profissionais do sexo feminino em todos os serviços. Mediana de tempo de trabalho nas Unidades Básicas de Saúde foi 9 anos; Unidades de Saúde da Família 6,5 anos, Pronto Atendimento 5 anos. Todos os serviços de saúde apresentaram avaliação satisfatória para horário de funcionamento, mas o Pronto Atendimento foi mais bem avaliado, no entanto, para disponibilidade de profissionais, apresentou pior avaliação. Unidades de Saúde da Família apresentaram melhor avaliação em tempo de espera de usuários e rotatividade de profissionais; no entanto, para sobrecarga de trabalho apresentaram pior avaliação. Não encontrou-se diferença entre os serviços de saúde para falta de conhecimento sobre a doença, com avaliação próxima de satisfatório e também para adequação do local de coletar escarro, sendo insatisfatório nos três grupos. Todos os serviços apresentaram indicadores satisfatórios para existência de insumos: pote e formulário para solicitação de baciloscopia, mas nenhum possuía raio-x. Conclusão: De maneira geral, os serviços apresentavam estrutura adequada, motivo pelo qual acredita-se que as dificuldades para o diagnóstico da TB estejam mais relacionadas ao processo (desempenho), ou seja, a forma como as atividades/ações são organizadas e operacionalizadas no cotidiano das práticas em saúde.
Abstract: Introduction: Tuberculosis is a public health problem of worldwide relevance. It is consensus that the efficiency of the treatment is relatated to the way the control actions are carried out in Primary Care System, so that infrastructure, work process organization and access difficulties show to be relevant to the performance. Objectives: Assess the structure of services that act as a gateway for the diagnosis of TB in São José do Rio Preto São Paulo, under the perspectives of the health professionals. Methods and Materials: 160 professionals from Basic Health Unities, Family Health Unities and Emergence Room in São José do Rio Preto São Paulo - were interviewed in 2009. The interviews were carried out through a questionary based on the Likert Scale varing from one to five, with the analysis of the following variables: gender and years of working in the Health Unities, opening hours, the turnover of human resources, availability of professionals in the Health Service, waiting time to be assisted, perception regarding the lack of knowledge of the disease by professional working in the unit, existence of work overload, adequacy of a site for sputum collection in the service, existence of pot to collect sputum, refrigerator for preservation of biological material, sputum smear request form and x-ray room in the unit. These indicators were also analyzed individually and compared among the health services, using analysis of variance (ANOVA), using the F test and multiple comparisons between means for applying the test of Tukey. Results: predominance of female professionals in all services. Median of work time in the Basic Health Unities was 9 years; Family Health Unities, 6,5; Emergence Rooms, 5 years. All health services showed satisfactory performance for opening hours, but Emergence Rooms had improved assessment, however for availability of professionals showed lower performance. Family Health Unities had a better assessment waiting time for users and staff turnover; nevertheless had worst workload assessment. It has not been found difference among the health services for lack of knowledge about the disease, with close to satisfactory assessment and also to adequacy of site to collect sputum, underperforming the three groups. All services showed satisfactory performance for the existence of inputs: pot and request form for sputum smear, but none had x-ray. Conclusions: In general, the services presented suitable structure, for which reason it is believed that the difficulties for the diagnosis of TB is more related to the process (performance), it means, how the activities / actions are arranged and operated on the daily basis of the practices in the health.
Palavras-chave: Tuberculose
Atenção Primária à Saúde
Avaliação de Serviços de Saúde
Tuberculosis
Primary Health Care
Health Services Evaluation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: BALDERRAMA, Priscila. Diagnóstico da tuberculose: avaliação da estrutura dos serviços de saúde que atuam como porta de entrada. 2012. 126 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/171
Data de defesa: 9-Abr-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
priscilabalderrama_dissert.pdf1,31 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.