???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/603
Tipo do documento: Dissertação
Título: Conhecimento dos enfermeiros na identificação precoce da infecção do trato urinário no idoso
Autor: Marino, Aline Garbo 
Primeiro orientador: Ribeiro, Rita de Cássia Helu Mendonça
Primeiro membro da banca: Oller, Graziella Allana Alves de Oliveira
Segundo membro da banca: Contrin, Ligia Marcia
Terceiro membro da banca: Beccaria, Lucia Marinilza
Resumo: Avaliar o conhecimento do enfermeiro na identificação precoce da Infecção do Trato Urinário (ITU) no idoso em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Unidade de Internação Geriátrica e Emergência; caracterizar estes enfermeiros quanto aos dados sociodemográficos, tempo de formação, tempo de atuação e especialização e identificar as áreas de atuação dos enfermeiros que necessitam de educação permanente. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal, delineamento descritivo com abordagem quantitativo do tipo analítico com correlação entre as variáveis. Realizado com enfermeiros dos setores de Emergência, UTI e enfermaria de paciente geriátrico de dois hospitais gerais: um privado e outro público/privado, do interior do Estado de São Paulo. A população contou com 120 enfermeiros e a amostra, 102;14 se recusaram a participar e quatro estavam no período de férias ou licença na data da coleta de dados. Dos 102 enfermeiros; 75 eram da Instituição pública/ privada e 27 da Instituição privada. Destes 49 são enfermeiros de UTI; 31 de Emergência; 19 de enfermaria geriátrica e três não identificaram a unidade. Foi elaborado um questionário piloto, com 15 perguntas do tipo múltipla escolha, baseado na Literatura sobre o tema e de acordo com a experiência na prática assistencial. Este instrumento foi submetido à validação do tipo fase e conteúdo, realizada por seis profissionais especialistas, das duas instituições da pesquisa. RESULTADOS: Dos 102 enfermeiros, a média de idade 32,87 ± 6,14; a maioria com idade entre 31 a 40 anos (46,08%); do sexo feminino (86%); com especialização (84,31%); formação em faculdade privada (58,82%); com atuação na UTI (48,04%); tempo de formação de cinco a 10 anos (33,33%); relataram ter cinco ou mais anos de experiência com pacientes idosos(46,08%). Nas questões do conhecimento dos enfermeiros; 61,3% acertaram : "Quando se considera idoso no Brasil; 95,95% que o uso de fralda aumenta o risco de ITU no idoso; 95,10% que a infecção é mais comum em mulheres; 72,55% que a febre nem sempre está presente na ITU no idoso; apenas 40,20% que a incidência de ITU em idosos internados é de 15% a 30%; 58,82% que realizar US abdômen é importante em casos de ITU no idoso e 50,98%, o tempo da troca do cateter vesical de demora. Houve várias correlações com significância estatística do conhecimento dos enfermeiros x setor de atuação com p=0,037,p=0,000,p=0,026,p=0,030; x idade p=0,004 e unidade p=0,000 e p=0,025. Na análise da parte inferencial das correlações do conhecimento dos enfermeiros com setor de atuação, os melhores resultados foram dos enfermeiros da emergência e da unidade de internação geriátrica com predomínio de conhecimento satisfatório. As contribuições desta pesquisa são relevantes para a prática clínica, o trabalho e o conhecimento do enfermeiro são admiráveis para a atenção a saúde do idoso, além de preparar a equipe para um atendimento hospitalar de forma eficiente e segura. CONCLUSÕES: Os piores resultados foram dos enfermeiros da UTI demostrando um conhecimento insatisfatório na identificação precoce da ITU no idoso. Comprovando a importância de programas de qualificação nesta área de conhecimento, para que a assistência seja embasada cientificamente, planejada e pautada na excelência de sua realização.
Abstract: To assess the nurse´s knowledge on the early identification of Urinary Tract Infection (UTI) in the elderly into the Intensive Care Unit (ICU), Geriatric Hospitalization and Emergency Unit; to characterize these nurses regarding the sociodemographic data, time of graduation, time of working and specialization and to identify the areas of working of the nurses who needed continuing education. METHODS: This is a transversal study, descriptive design with a quantitative approach of the analytical type with correlation between the variables. It was carried out with nurses from the Emergency, ICU and Geriatric Patient Ward of two general hospitals: one private and the other public/private, in the interior of the state of São Paulo. The population comprised 120 nurses and the sample, 102; 14 refused to participate and four were on vacation or license at the moment of data collection. Of the 102 nurses; 75 were from the public/private institution and 27 from the private institution. Of these, 49 were ICU nurses; 31 were emergency nurses; 19 were geriatric nurses and three did not identify the unit. A pilot questionnaire was developed, with 15 multiple choice questions, based on the Literature according to the theme and according to the experience in care practice. This instrument was submitted to the validation of the phase and content type, carried out by six specialized professionals, from the two research institutions. RESULTS: Of the 102 nurses, the mean age was 32.87 ± 6.14; most were aged between 31 and 40 years (46.08%); female (86%); with specialization (84.31%); private college education (58.82%); working in the ICU (48.04%); five to 10 years of education (33.33%); reported five or more years of experience with elderly patients (46.08%). In questions of nurses' knowledge; 61.3% were correct: "When considered elderly in Brazil; 95.95% that the use of diapers can increases the risk of UTI in the elderly; 95.10% that infection is more common in women; 72.55% that fever is not always present in UTI in the elderly; only 40.20% that the incidence of UTI in elderly patients is 15% to 30%; 58.82% that performing US abdomen is important in cases of UTI in the elderly and 50.98%, the time of changing the bladder catheter delay. There were several correlations with statistical significance of knowledge of nurses x sector with p= 0.037.p=0.000.p=0.026.p=0.030; x age p=0.004 and unit p=0.000 and p=0.025. In the analysis of the inferential part of the correlations of the nurses' knowledge with the sector in which they worked, the best results were obtained by the emergency nurses and the geriatric inpatient unit with a predominance of satisfactory knowledge. The contributions of this research are relevant to clinical practice, the work and knowledge of nurses are admirable for the health care of the elderly, in addition to preparing the team for hospital care efficiently and safely. CONCLUSIONS: The worst results came from nurses in the ICU, demonstrating unsatisfactory knowledge in the early identification of UTI in the elderly. Proving the importance of qualification programs in this area of knowledge, so that assistance is scientifically based, planned and guided by the excellence of its performance.
Palavras-chave: Doenças Urológicas
Urologic Diseases
Idoso
Aged
Infecções do Sistema Genital
Reproductive Tract Infections
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 2
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: Marino, Aline Garbo. Conhecimento dos enfermeiros na identificação precoce da infecção do trato urinário no idoso. 2020. 81 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1478
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/603
Data de defesa: 11-Dec-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlineGarboMarino_Dissert.pdfDocumento principal786,29 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.