???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/422
Tipo do documento: Tese
Título: Prevalência de anti-HBc isolado em amostras do instituto Adolfo Lutz e hepatite B oculta após resposta vacinal em pacientes do ambulatório municipal de hepatites virais
Autor: Assis , Jaqueline Calça 
Primeiro orientador: Rubio, Fernando Góngora
Primeiro membro da banca: Fucuta , Patrícia S.
Segundo membro da banca: Soares, Márcia M.C.N.
Resumo: A presença do anti-HBc isolado pode ter vários significados: falso positivo, janela imunológica de cura, imunidade tardia ou infecção oculta pelo vírus da hepatite B (IOB). Na prática clínica é importante e necessário o esclarecimento diagnóstico para evitar transmissão em populações de risco como pacientes hemodialisados, doadores de sangue, transplantados e indivíduos coinfectados com HIV e/ou HCV. Objetivo: O objetivo do estudo foi determinar a prevalência de anti-HBc isolado e hepatite B oculta, respectivamente, em amostras de sangue do Instituto Adolfo Lutz - Centro de Laboratório Regional X - São José do Rio Preto (IAL - CLR X - SJRP) e pacientes do Ambulatório Municipal de Hepatites Virais (AMHV) ambos da cidade de São José do Rio Preto, no período de 01 de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2014. Casuística e Métodos: A população estudada do IAL - CLR X - SJRP é proveniente da região atendida pela Divisão Regional de Saúde (DRS) XV e a do AMHV é uma população triada para esclarecimento, acompanhamento e tratamento das hepatites virais do município. Nesta população com anti-HBc isolado os pacientes foram imunizados contra hepatite B e os indivíduos sem resposta vacinal foram selecionados para realização da pesquisa de HBV-DNA para diagnóstico da hepatite B oculta. Resultados: Durante o período de estudo, foram avaliadas 6805 amostras, sem duplicação, no IAL - CLR X - SJRP, destas, 624 amostras apresentavam anti-HBc reagente, sendo a prevalência de anti-HBc isolado 17,63% (110/624). No AMHV foram analisados 940 pacientes com anti-HBc total isolado destes 816 (86,81%) foram vacinados e depois de aplicado o critério de desconsiderar os pacientes vacinados que não tiveram o anti-HBs avaliado após a vacinação (85 - 10,42%), 731 (89,58%) pacientes foram considerados para análise da resposta vacinal, sendo que 568 (77,70%) apresentaram soroconversão com anti-HBs positivo e 163 (22,30%) pacientes não soroconverteram. A pesquisa do HBV-DNA foi realizada em 25,77% (42/163) dos pacientes sem resposta vacinal, encontrando uma prevalência de hepatite B oculta (IOB) de 47,62% (20/42). A presença de anticorpos contra HIV e HCV foi de 25,40%, 13,25% nas amostras do IAL - CLR X - SJRP e no AMHV foi de 1,80%, 0,33%, respectivamente. Conclusão: Os resultados obtidos demonstram a ocorrência de anti-HBc isolado nas amostras do IAL - CLRX - SJRP e a necessidade de acompanhamento dessa população. No AMHV a vacinação esclareceu a maioria dos casos, o que demonstra a necessidade da introdução da vacina como rotina em pacientes anti-HBc isolado na população geral. A hepatite B oculta foi encontrada em quase metade dos pacientes não respondedores vacinais avaliados.
Abstract: The presence of anti-HBc alone can have several meanings: false positive, healing immune window, delayed immunity or occult hepatitis B virus infection (OBI). In clinical practice, it is important and necessary to clarify the diagnosis to prevent transmission to the risk population such as hemodialysis patients, blood donors, transplant recipients and co-infected individuals with HIV and/or HCV. Objectives: The aim of the study was to determine the prevalence of anti-HBc alone and occult hepatitis B, respectively, in blood samples from Adolfo Lutz Institute - Regional Laboratory Center X - São José do Rio Preto (IAL - CLR X - SJRP) and patients from Municipal Ambulatory of Viral Hepatitis (AMHV) both from São José do Rio Preto city in the period from January 1st, 2009 to December 31st, 2014. Methods: The study population of IAL - CLR X - SJRP is from the region served by the 15th Health Regional Division (DRS), and the AMHV is a population screened for clarification, monitoring and treatment of viral hepatitis in the city. In this population with anti-HBc alone, patients were immunized against hepatitis B and the individuals without vaccine response were selected for the performance of HBV-DNA research for the diagnosis of occult hepatitis B. Results: During the study period, 6805 samples were evaluated without duplication in IAL - CLR X - SJRP, of these 624 samples had anti-HBc positive, and the prevalence of anti-HBc alone was 17.63% (110/624). In the AMHV, 940 patients anti-HBc isolated were evaluated, from these 816 (86.81%) were vaccinated and after the criterion of disregarding the vaccinated patients who did not have anti-HBs evaluated after vaccination (85 - 10.42%), 731 (89.58%) patients were considered for analysis of the vaccine response, and 568 (77.70%) presented seroconversion with anti-HBs positive and 163 (22.30%) non-seroconverted patients. The research of HBV-DNA was performed in 25.77% (42/163) patients without a vaccine response, finding a prevalence of occult hepatitis B (OBI) of 47.62% (20/42).The presence of antibodies to HIV and HCV was 25.40% and 13.25% in the blood samples IAL - CLR X - SJRP and in AMHV was 1.80% and 0.33%, respectively. Conclusion: The results show the occurrence of antiHBc alone in IAL - CLR X - SJRP and the need of monitoring this population. In AMHV, the vaccination was effective for most cases, which demonstrates the need of vaccine introduction as a routine in anti- HBc alone patients in the overall population. The occult hepatitis B was found in almost half of patients assessed without vaccine response.
Palavras-chave: Hepatitis B
Serology
Human Viral Hepatitis
Hepatite B
Sorologia
Hepatite Viral Humana
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1::306626487509624506::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::-6954410853678806574::500
Citação: Assis , Jaqueline Calça. Prevalência de anti-HBc isolado em amostras do instituto Adolfo Lutz e hepatite B oculta após resposta vacinal em pacientes do ambulatório municipal de hepatites virais. 2016. 87 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1310
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/422
Data de defesa: 7-Nov-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JaquelineCalçaAssis_dissert.pdfDocumento principal1,62 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.