???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/81
Tipo do documento: Tese
Título: Programa educativo para a assistência de enfermagem a pacientes ortopédicos em um hospital de ensino
Autor: Brandão, Vânia Zaqueu 
Primeiro orientador: Soler, Zaída Aurora Sperli Geraldes
Primeiro membro da banca: Perroca, Márcia Galan
Segundo membro da banca: Faria, Josimerci Ittavo Lamana
Terceiro membro da banca: Sawada, Namie Okino
Quarto membro da banca: Zago, Marcia Maria Fontão
Resumo: Esta pesquisa fundamenta-se em avaliações sobre a assistência de enfermagem a pacientes ortopédicos em um hospital de ensino, destacando a educação de enfermeiros. Objetivo: Identificar aspectos relevantes da assistência de enfermagem prestada a pacientes ortopédicos atendidos em um hospital de ensino do interior de São Paulo, para propor e implantar ações educativas para os enfermeiros incluídos no estudo. Casuística e Método: Realização de estudo de caso sobre assistência de enfermagem ao paciente ortopédico e de atividade educativa para os enfermeiros, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Os dados foram coletados com uso de instrumentos previamente testados, aplicados em forma de entrevistas. Quarenta profissionais de enfermagem que atuavam nas unidades ortopédicas consentiram em participar: 12 enfermeiros, 27 auxiliares de enfermagem e 1 técnico de enfermagem. Resultados e Discussão: Maioria do sexo feminino; faixa etária média de 36,4 anos entre enfermeiros e 35,7 anos entre auxiliares e técnico de enfermagem; enfermeiros com tempo médio de formação de 12,3 anos e de 1 a 5 anos entre auxiliares e técnico; nenhum enfermeiro tinha especialização relacionada à área de Ortopedia, enquanto os auxiliares e técnico de enfermagem tiveram orientação informal sobre os cuidados, recebida de médicos e enfermeiros. As ações mais citadas foram: avaliação de curativos, higiene corporal e seguimento da prescrição médica. Foram destacadas dificuldades de atuação pela complexidade dos pacientes, deficiências na planta física e mobiliário; déficit na orientação da equipe, dos pacientes e acompanhantes; número reduzido de pessoal; demora na marcação das cirurgias; manuseio precoce dos curativos, principalmente, além de problemas na interação com equipe médica e para instituir a sistematização da assistência de enfermagem. Aconteceram seis encontros educativos com os enfermeiros, desenvolvidos em três momentos: com aula expositiva dialogada, vivência prática e finalização, discutindo-se questões julgadas importantes, abordando-se principalmente: curativos, movimentação, higiene corporal, seguimento da prescrição médica, exame físico, entrevista, orientações para equipe, paciente e acompanhante, visita diária, orientação de alta, controle da dor, pré e pós-operatório, cuidados específicos com tração e fixadores externos, movimentação dos pacientes. Conclusões: Foram evidenciadas deficiências na assistência de enfermagem prestada ao paciente ortopédico no hospital estudado, surgindo várias recomendações, entre outras, o melhor preparo de enfermeiros, capacitação da equipe na área, instituir um sistema de classificação dos pacientes para adequado dimensionamento do pessoal de enfermagem necessário para promover a sistematização da assistência de enfermagem ao paciente ortopédico e incentivar mais pesquisas sobre gestão do processo de trabalho em ortopedia neste hospital.
Abstract: This research is based on evaluations on the nursing care to orthopedical patients in a school hospital; highlighting the nurses' education in this aspect. Objective: To identify important aspects of the nursing care provided to orthopedical patients assisted in a school hospital of the interior of São Paulo state, to propose and introduce educational actions for these nurses. Casuistics and Method: Accomplishment of a case study on nursing care to the orthopedical patients, and educational activity for the nurses after the Ethics Research Committee has approved the study. Instruments tested previously such as interviews were used to collect data into two hospital units for orthopedical patient hospitalization. Forty nursing professionals performing in the orthopedical units, 12 nurses, 27 auxiliary nursing and 1 nursing technician participated in the study. Results and Discussion: Most of them were female (91.7% of the nurses and 82.1% of the nursing team); mean age group 36.4 years among the nurses and 35.7 years among the nursing team; the nurses ´mean time of nursing graduation was12.3 years, and 1 to 5 years the nursing team; no nurse had specialization related to the orthopedics, while the nursing team had informal orientation on the care from the doctors and nurses. The actions more reported were: dressing work-up, body hygiene and the medical prescription follow-up. Some difficulties were pointed out: these patients' complexity, deficiencies in the building plan and furniture; deficit in the orientation of the team, the patients and companions; reduced number of staff; delay in setting the surgeries; early handle of the dressings; moreover, problems in the interaction with medical team and to introduce the nursing care systemization. Six educational meetings developed in three moments took place: with talkative expository class, practical living and finalization, being discussed important subjects such as: dressings, motion, body hygiene, medical prescription follow-up, physical examination, interview, orientations for the team, patient and companion, daily visits, discharge orientation, pain control, pre and postoperative period, specific cares with traction and external fixators, the patients' motion. Conclusions: Some deficiencies were pointed out in the nursing care regarding the orthopedical patient in this hospital, introducing several recommendations, such as better nurses´education, training of the team in the area, to introduce a system of the patients' classification to provide proper place for the nursing staff necessary to improve systemization of the nursing care to the orthopedical patient and to motivate further research on the work management process in Orthopedics in this hospital.
Palavras-chave: Nursing Care
Patient
Orthopedics
Education
Nurses
Nursing
Patients
Nurses, Male
Assistência de Enfermagem
Paciente
Ortopedia
Educação
Enfermeiros
Cuidados de Enfermagem
Pacientes
Enfermería
Atención de Enfermería
Educación
Enfermeros
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::123123::600
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas::123123::600
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::123123::600
Citação: BRANDÃO, Vânia Zaqueu. Programa educativo para a assistência de enfermagem a pacientes ortopédicos em um hospital de ensino. 2008. 130 f. Tese (Doutorado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/81
Data de defesa: 14-Feb-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File SizeFormat 
vaniazaqueubrandao_tese.pdf372,36 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.