Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/76
Tipo do documento: Dissertação
Título: Prevalência de asma e rinite em escolares expostos às emissões da queima de cana de açúcar
Autor: Riguera, Denise 
Primeiro orientador: Zanetta, Dirce Maria Trevisan
Primeiro membro da banca: Moscardini, Airton Camacho
Segundo membro da banca: Santos, Ubiratan de Paula
Resumo: As doenças respiratórias constituem a segunda causa de hospitalização pelo SUS (13,59%), responsabilizando-se por 1.541.113 internações em todo o país. A asma e a rinite são consideradas as doenças crônicas mais comuns entre crianças e adolescentes e com prevalências que têm aumentado significativamente, tornando-se um importante problema de saúde pública. Existe grande variação nas prevalências relatadas de asma, rinite e seus sintomas. As diferenças observadas podem ser, pelo menos em parte, devidas a problemas metodológicos na definição dos sintomas de asma. Na tentativa de padronizar os métodos utilizados em estudos epidemiológicos para estimar e comparar prevalência e gravidade de asma, rinite e eczema entre diferentes cidades e países foi desenvolvido o International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC). No Brasil, seu questionário padronizado foi traduzido e validado para o português. Vários estudos ressaltam que fatores sócio-ambientais como o estilo de vida ocidental, urbanização e elevada densidade populacional podem ser considerados determinantes importantes nas prevalências de asma e rinite. A poluição atmosférica também tem sido identificada como fator exacerbador dessas doenças alérgicas. Estudos mais recentes associam exposição à poluição do ar a aumento na incidência de asma. Diversos estudos têm mostrado associação entre poluição ambiental decorrente de queima de palha da cana de açúcar e morbidade respiratória, com aumento do número diário de inalações no Serviço de Emergência e aumento de internações hospitalares por problemas respiratórios. Objetivo: Estimar a prevalência de asma, rinite, sintomas respiratórios relacionados e fatores predisponentes em escolares de Monte Aprazível-SP, cidade com baixo tráfego, baixa densidade populacional, clima quente e que tem como base agrícola predominante a cana de açúcar, e avaliar o papel da exposição diária de poluição do ar na função respiratória desses escolares. Casuística e Método: Estudo descritivo transversal em crianças de 10 a 14 anos, com aplicação de questionário composto pelos componentes de asma e de rinite do protocolo ISAAC, acrescido de questões sócio-demográficas, fatores predisponentes e antecedentes pessoais e familiares. Foram realizadas medidas repetidas do pico de fluxo expiratório nas crianças e dos níveis de concentração de PM2,5 e de black carbon. Resultados: A prevalência de asma foi de 11% e de rinite, de 33,2%. 10,4% apresentaram mais de 4 crises de sibilos nos últimos 12 meses. Antecedentes familiares se associaram à presença de asma e de rinite atuais. Para rinite, houve também associação com presença de mofo ou rachadura na casa. Rinite apresentou maior frequência nos meses de junho a outubro, período de safra da cana de açúcar. Prevalência diária de PFE abaixo de 80% da mediana foi maior em dias com maior concentração de PM2,5. Conclusão: A prevalência de asma está abaixo e a de rinite está acima da média nacional. As evidências sugerem que os níveis de poluição nos períodos de queima da palha da cana de açúcar, embora dentro dos níveis aceitáveis, podem estar contribuindo para a exacerbação de episódios de asma e de rinite.
Abstract: Respiratory diseases are the second most frequent cause of hospitalization by the Brazilian Unified Health System (SUS). SUS is responsible for 1,541,113 admissions throughout the country. Asthma and Rhinitis are considered the most common chronic diseases among children and teenagers. Their prevalence has been significantly increased becoming a major public health problem. There is a wide range variation in prevalence of reported asthma, rhinitis, and their symptoms. The observed differences can be, at least in part, due to methodological problems in defining asthma symptoms. The International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) was developed in an attempt to standardize the methods used in epidemiological studies. It is used to evaluate and compare the prevalence and severity of asthma, rhinitis, and eczema among different cities and countries. In Brazil, the standardized ISAAC questionnaire was translated and validated. Several studies pinpoint that social and environmental factors such as the Western lifestyle, urbanization, and increased population density can be considered as important determinants in the prevalence of asthma and rhinitis. Air pollution has also been identified as an exacerbating factor of these allergic diseases. More recent studies have shown the association between air pollution due to cane trash burning and respiratory morbidity, thus increasing the amount of daily inhalation at the Emergency Service and hospitalizations due to respiratory problems. Objective: To estimate prevalence of asthma, rhinitis, related respiratory symptoms, and predisposing factors in students from Monte Aprazível, São Paulo State, and to evaluate the role of daily exposition to air pollution on respiratory function of these students. Monte Aprazível is a low-population density city, with low motor traffic; warm climate; and a predominantly sugarcane-based agriculture. Casuistry and Method: This is a descriptive transversal study in children ranging from 10-14 years of age, using a questionnaire composed of asthma and rhinitis components of ISAAC protocol, along with socio-demographic and predisposing factor questions, family and personal past medical history. Repeated measures of peak expiratory flow in children, and black carbon and PM2,5 concentration levels were carried out. Results: Prevalence of asthma and rhinitis was 11% and 33.2%, respectively. From the asthmatic children, 10.4% presented four or more wheezing attacks in the past 12 months. Past family history was associated to presence of current asthma and rhinitis. Regarding rhinitis, there was also an association with presence of mold and cracks on the house. Rhinitis was most frequent from June to October, which matches sugarcane harvest season. Daily prevalence of PEF beneath 80% of the median was higher in days with greater concentration of PM2,5. Conclusion: Prevalence of asthma is below national average and that of rhinitis is above. Evidence suggests that pollution levels in cane trash burn season, although within acceptable levels, can be contributing to exacerbation of asthma and rhinitis episodes.
Palavras-chave: Prevalência
Asma
Rinite
Poluição do ar
Efeitos adversos
Prevalence
Asthma
Rhinitis
Air Pollutants
Adverse effects
Rinitis
Contaminación del Aire
Air Pullution
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA CLINICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: RIGUERA, Denise. Prevalência de asma e rinite em escolares expostos às emissões da queima de cana de açúcar. 2010. 54 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/76
Data de defesa: 23-Jul-2010
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
deniserigueira_dissertr.pdf794,14 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.