Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/75
Tipo do documento: Dissertação
Título: Caracterização genotípica e fenotípica de Candida sp de fluido vaginal de mulheres adultas
Autor: Cunha, Keith Cássia da 
Primeiro orientador: Almeida, Margarete Teresa Gotardo de
Primeiro membro da banca: Bagarelli, Lucia Buchalla
Segundo membro da banca: Almeida, Ana Marisa Fusco
Resumo: Candida albicans é amplamente reconhecida como patógeno, ocorrendo freqüentemente em candidíase vulvovaginal. Objetivos. Comparar os genótipos entre os isolados de infecção, colonização e isolados recorrentes com os determinantes de virulência (fosfolipase, proteinase, amilase, gelatinase, hemolisina, termotolerância e biofilme) e susceptibilidade antifúngica in vitro. Material e Método. 313 amostras de fluido vaginal foram coletadas de mulheres com ou sem indicações sintomáticas para candidíase vulvovaginal (CVV), como prurido vaginal, corrimento, ardência e dispareunia. A susceptibilidade antimicrobiana foi avaliada frente a quatro drogas (fluconazol, itraconazol, cetoconazol e anfotericina B), determinada pelo método de diluição (M27A2-CLSI). As leveduras foram submetidas ao PCR (polimerase chain reaction), RAPD (randomly amplified polymorphic DNA), e ao RFLP (Restriction fragment lenght polymorphic), este último, utilizada para a identificação de Candida dubliniensis. Resultados. Considerandose a espécie prevalente, C. albicans mostrou taxas elevadas de sensibilidade significativos aos azólicos e, a grande maioria, produziu vários fatores de virulência, independente de sua origem, infecção ou colonização. A análise estatística permitiu a identificação de 17 clusters com identidade genética idêntica, e outros moderadamente relacionados, ou independentes. Conclusão. Não houve correlação entre os padrões genéticos com a virulência e susceptibilidade antimicrobiana, sugerindo que as regiões genéticas amplificadas estão relacionadas a outros eventos biológicos; a inclusão de outros primers poderá permitir uma associação maior entre os isolados de C. albicans.
Abstract: Candida albicans is widely recognized as the pathogen often occurring in vulvovaginal candidiasis. Objective: To compare the genotypes, among infection or colonization and recurrent isolates, with virulence determinants (phospholipase, proteinase, amylase, gelatinase, haemolysin, thermotolerance and biofilm), and to in vitro antifungal susceptibilities. Methods: 317 samples of vaginal fluid of were collected from women with or without symptomatic indications to VVC, including vaginal itching, abnormal discharge, soreness and dyspareunia to mycological investigation. The antimicrobial susceptibility was evaluated for 4 drugs (fluconazole, Itraconazole, ketoconazole and amphotericin B, by dilution method (M27A2- CLSI). Yeasts were subjected PCR (polimerase chain reaction), RAPD (randomly amplified polymorphic DNA), and to RFLP (Restriction fragment lenght polymorphic), this last one, used for identification of Candida dubliniensis. Results: Considering the prevalent species, C. albicans showed high rates of significant sensitivity to azoles and the vast majority of produced virulence factors, regardless of their origin, infection or colonization. Statistical analysis enabled identification of 17 clusters with identical genetic identity, and other moderately related, or unrelated. Conclusions: There was no correlation between the genetic patterns with virulence and antimicrobial susceptibility for all isolates, suggesting that, the amplified genetic regions do not match with variables and might be related to other biological events. The inclusion of other primers could allow higher association among C. albicans strains.
Palavras-chave: Candida sp
RAPD-PCR
Candidíase Vulvovaginal
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: CUNHA, Keith Cássia da. Caracterização genotípica e fenotípica de Candida sp de fluido vaginal de mulheres adultas. 2010. 86 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/75
Data de defesa: 16-Abr-2010
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
keithcassiadacunha_dissert.pdf1,65 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.