Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/71
Tipo do documento: Tese
Título: Efeitos da anexina1 na isquemia e reperfusão renal: estudo funcional e histopatológico em modelo experimental
Autor: Facio Júnior, Fernando Nestor 
Primeiro orientador: Burdmann, Emmanuel de Almeida
Primeiro coorientador: Azoubel, Reinaldo
Segundo coorientador: Oliani, Sonia Maria
Primeiro membro da banca: Glina, Sidney
Segundo membro da banca: Arruda, José Germano Ferraz de
Terceiro membro da banca: Yu, Luis
Resumo: O presente estudo objetivou investigar os efeitos do uso da anexina 1 (Anx-A1), considerada proteína antiinflamatória e que está presente na maioria das células. Caracteriza-se pela sua habilidade em ligar-se ao cálcio e fosfolipídeos, conferindo proteção contra os efeitos iniciais da lesão por isquemia e reperfusão. Realizou-se nefrectomia à direita em 48 ratos (Wistar-adultos-machos), pesando entre 250-300 gramas, mantidos com dieta normosódica , normoprotéica e água ad libitum. Os animais foram divididos em 3 grupos: Anexina 1-Isquemia (Anx-A1-I/R) (n=16), Veículo(PBS-40)-Isquemia (Veic-I/R) (n=16) e grupo Sham (n=16). A administração de anexina1 endovenosa foi realizada 30 minutos antes do clampeamento da artéria renal esquerda. Após reperfusão, os animais de cada grupo foram divididos e estudados com 2 e 7 dias, quanto às funções glomerulares , tubulares e à estrutura renal. Os resultados mostraram que houve redução da taxa de filtração glomerular (RFG) nos grupos veículo-I/R com 2 e 7 dias de experimento (0,42 ± 0,02 ml-min-100g e 0,48 ± 0,05 ml-min-100g, respectivamente) e verificamos aumento significativo da taxa de filtração glomerular nos grupos Anx-A1-I/R comparados aos grupos veículo-I/R (0,86 ± 0,05ml-min-100g e 0,73 ± 0,04ml-min-100g, respectivamente). Observou-se diferença significativa entre os grupos Anx-A1-I/R e Sham com 7 dias (p<0,01). A excreção fracional de sódio (FeNa) apresentou-se significantemente aumentada nos grupos veículo-I/R, comparada aos grupos Anx-A1-I/R e Sham nos 2º e 7º dias de experimento; apresentando assim no 2º dia de estudo,Anx-A1-I/R (0,17 ± 0,01%), Veic-I/R (0,42 ± 0,03%) e Sham (0,21 ± 0,01%) (p<0,001); e no 7º dia, Anx-A1-I/R (0,27 ± 0,03%), Veic-I/R (0,52 ± 0,03%) e Sham (0,29 ± 0,01%) (p<0,001). A fração de excreção de potássio (FeK) com 2 e 7 dias de experimento não diferiram entre os grupos Anx-A1-I/R e Sham, mas a FeK aumentou significativamente nos grupos Veic-IR. A razão das osmolalidades urinário-plasmáticas (U/Posm) mostraram uma redução importante nos grupos Veic-I/R em experimentos com 2 e 7 dias, comparados aos grupos Anx-A1-I/R e Sham. A avaliação histopatológica revelou aumento significativo de neutrófilos intravasculares e transmigrados, em áreas isquêmicas dos grupos Veic-I/R, de amostras avaliadas da porção do córtex renal com 2 e 7 dias. Verificaram-se altas taxas de transmigração de neutrófilos nas áreas de isquemia-reperfusão nos grupos Veic-I/R com 2 e 7 dias, em amostras avaliadas de medula renal. Houve significativa redução do extravasamento de neutrófilos em análise quantitativa, nas amostras de medula renal com 2 e 7 dias de estudo, nos grupos anexina 1-I/R, bem como menor taxa de neutrófilos no espaço intravascular. À microscopia de luz, verificou-se que, em amostras de córtex e medula renal, com 2 e 7 dias, o grupo Sham apresentou estruturas dos túbulos contorcidos proximais, distais e borda em escova bem preservados. Notou-se resultados semelhantes nos grupos de anexina1-I/R, com estruturas preservadas nos túbulos, membrana basal e glomérulos. Nos grupos Veic-I/R, verificou-se a presença de debris celulares no interior de túbulos contorcidos proximais, capilares dilatados e alterações na estrutura da membrana basal. Estes resultados sugerem que a administração da anexina1, trinta minutos antes da isquemia renal em ratos, previne a transmigração de neutrófilos e confere proteção contra os efeitos iniciais da lesão por isquemia e reperfusão, bem como proteção das funções glomerulares, tubulares e da estrutura renal.
Abstract: The aim of the present study was to investigate the effects of the use of the anti-inflammatory protein annexin 1 (Anx-A1), which is found in most cells. It is characterized by its ability in binding to calcium and phospholipids, conferring protection against the initial effects of ischemia-reperfusion injury. Right nephrectomy was performed on 48 adult males Wistar rat, with sizes ranging between 250-300 g, maintained on a diet normosodic , normoprotein and with water ad libitum. The animals was divided into 3 groups: Annexin-1/Ischemia (Anx-A1-I/R) (n=16), vehicle (PBS40)-Ischemia (Vehicle-I/R) (n=16) and Sham Group (n=16). The endovenous administration of Anx-A1 was made 30 minutes before ischemia of the left renal artery. The animals of each group were divided and studied at 2 and 7 days post-reperfusion, in respect to the glomerular, tubular and renal structure functions. The results showed that there was a reduction in the glomerular filtration rate (GFR) in the Vehicle-I/R Groups at 2 and 7 days post-reperfusion (0.42 ± 0.02 mL/min-100g and 0.48 ± 0.05 mL/min-100g, respectively). There was a significantly greater filtration rate in the Anx-A1-I/R Groups compared to the Vehicle-I/R Groups (0.86 ± 0.05 mL/min-100g and 0.73 ± 0.04 mL/min-100g, respectively). A significant difference between the Anx-A1-I/R and Sham Groups (p-value < 0.01) was also observed (7days). The fractional sodium excretion (FeNa) was significantly higher in the Vehicle-I/R Groups when compared to the Anx-A1-I/R and Sham Groups on the 2nd and 7th post-perfusion days. On the 2nd day of the study, the fractional sodium excretion was 0.17 ± 0.01% for the Anx-A1-I/R, 0.42 ± 0.03% for the Vehicle-I/R and 0.21 ± 0.01% for the Sham groups (p-value < 0.001). On the 7th day, the values were 0.27 ± 0.03%, 0.52 ± 0.03% and 0.29 ± 0.01%, respectively (p-value < 0.001). The potassium excretion fraction (FeK) on the 2nd and 7th post-perfusion days did not differentiate between the Anx-A1-I/R and Sham Groups, but it was significantly higher in the Vehicle-I/R Groups. The urinary-plasmatic osmolality ratio (U/Posm) showed a significant reduction in the Vehicle-I/R Groups after 2 and 7 days when compared with the Anx-A1-I/R and Sham Groups. A histopathologic evaluation of renal cortex samples, taken on the 2nd and 7th post-perfusion days, revealed a significant increase in the intravascular and transmigrated neutrophils in ischemic areas of the Vehicle-I/R Groups. Additionally, high rates of transmigrated neutrophils were identified in the ischemia-reperfusion areas of samples of renal medulla from the Vehicle-I/R Group taken on the 2nd and 7th days. There was a significant reduction of the neutrophil transmigration in samples of renal medulla on the 2nd and 7th post-perfusion days in the Anx-A1-I/R Groups, as well as a lower intravascular neutrophil rate. On the 2nd and 7th post-perfusion days, the Sham Group presented with structures of distal and proximal convoluted tubules and well-preserved brush-border structures in the renal cortex and medulla samples as seen by light microscopy. Similar results were evidenced in the Anx-A1-I/R Groups with preserved structures in the tubules, basal membrane and glomeruli. In the Vehicle-IR Groups, numerous monocytes, cellular debris inside proximal convoluted tubules, dilated capillaries and alterations in the basal membrane structure were seen. These results suggest that the administration of annexin-1 thirty minutes before renal ischemia in rat , prevents the transmigration of neutrophils and confers protection against the initial effects of ischemia-reperfusion injury, as well as providing protection to the glomerular, tubular and renal structure functions.
Palavras-chave: Isquemia
Reperfusão
Anexina-1
Necrose Tubular Aguda
Ischemia
Reperfusión
Insuficiência Renal Aguda
Acute Kidney Failure
Necrosis Tubular Aguda
Acute Kidney Tubular Necrosis
Anexina I
Annexin I
Nefropatias
Kidney Diseases
Nephrology
Reperfusion
Annexin 1
Acute Necrosis Tubular
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::NEFROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: FACIO JÚNIOR, Fernando Nestor. Efeitos da anexina1 na isquemia e reperfusão renal: estudo funcional e histopatológico em modelo experimental. 2006. 90 f. Tese (Doutorado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/71
Data de defesa: 14-Mar-2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
fernandonestor_tese.pdf1,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.