Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/70
Tipo do documento: Dissertação
Título: Afastamentos do trabalho na enfermagem de um hospital geral no período de 1995 a 1999
Autor: Barboza, Denise Beretta 
Primeiro orientador: Soler, Zaída Aurora Sperli Geraldes
Primeiro membro da banca: Marziale, Maria Helena Palucci
Segundo membro da banca: Perroca, Márcia Galan
Resumo: As condições de trabalho da enfermagem em hospitais tem sido consideradas insalubres pela exposição a riscos de natureza física, química, biológicas, ergonômicas, mecânicas e psicossocial, provocando adoecimento e consequentemente afastamentos do trabalho. Nesta abordagem realiza-se este estudo epidemiológico, censitário que teve como objetivo descrever os afastamentos do trabalho por motivo de licença médica de exercentes de enfermagem de um hospital geral de ensino, registrados no centro do atendimento do trabalhador (ceat), no período de 1995 à 1999. Foram analisados os registros de afastamentos do trabalho de 1002 pessoas da equipe de enfermagem, sendo 9,1% de enfermeiros, 1,7% de técnicos de enfermagem, 69,7% de auxiliares de enfermagem e 19,5% de atendentes de enfermagem, que envolvem-se em 1986 episódios de afastamentos no período em estudo, sendo 1826 (91,4%) por licença saúde; 123 (6,2%) por acidentes de trabalho e 37 (1,2%) por licença gestante. Nota de Resumo Na análise das características dos episódios de afastamentos constatou-se que acometeu principalmente mulheres, funcionários com idade entre 31 e 40 anos, na categoria de casados, com tempo de serviço de 1 a 6 anos, tempo de afastamento de 1 a 4 dias e entre aqueles que atuavam em unidades complexas. Nota de Resumo Quanto às características dos episódios de afastamento por licença saúde, ficam ressaltados que os problemas de saúde mais freqüentes foram do sistema geniturinário, doenças mal definidas e doenças do sistema respiratório e que os auxiliares de enfermagem e atendentes de enfermagem tiveram registros em todas as classificações de doenças do classificação internacional de doenças (cid) - 10. Assim, com este trabalho identificou-se infrações ético legais, principalmente em relação ao atendente de enfermagem e que vários fatores podem ser relacionados com os episódios de afastamento do trabalho, dando subsídios para uma melhor análise desta situação neste hospital, para melhoria das condições de trabalho vigente, além de sugerir um investigação mais profunda sobre os afastamentos que estão provocando problemas mais sérios e com maior duração.
Abstract: The nursing working conditions in hospitals have been considered insalubrious since these workers are liable to many risks including physical, chemical, biological, ergonomic, mechanical and psychosocial. As a result of this exposure, they may become ill; consequently staying off work. This is an epidemiological study with a census to describe the working absences due to sick leave of nurses from a general teaching hospital. These absences were registered at the Centro de Atendimento ao Trabalhador (CEAT) in the period from 1995 to 1999. A total of 1,002 registrations of absences from working of members of nursing team was analyzed: 9.1% nurses, 1.7% nursing technicians, 69.7% nursing assistances and 19.5% of nursing orderlies. These people were related to 1,986 episodes of sick leave during the studied period: 1,826 (91.4%) by health licenses; 123 (6.2%) by working accidents; and 37 (1.2%) by maternity leave. According to the analysis of characteristics related to these absentees, the majority was women and workers aged between 31 to 40 years old, married, with full-time work of 1 to 6 years; in general, the period of time spent away from work was 1 to 4 days, and mostly employees were working in complex units. The characteristics of the episodes of absenteeism by health licence were frequently due to genito-urinary problems, badly defined diseases and respiratory system diseases. The nursing assistants and the nursing orderlies had registration of all classifications of the International Statistical Classification of Disease and Related Health Problems (1994). This study showed some ethic-legal infractions mainly in relation to the nursing orderlies as well as showing several factors which may be related to the episodes of working absences. Therefore, it may give ways to better analysis of this situation in the hospital improving the current working conditions; moreover, a further deeper investigation of absenteeism which causing more serious and longer problems.
Palavras-chave: Afastamento do Trabalho
Absenteísmo
Licença-Saúde
Licença Médica
Ausencia por Enfermedad
Sick Leave
Ausentismo
Absenteism
Saúde Ocupacional
Salud Ocupacional
Occupational Health
Nursing
Working Absences
Absenteeism
Sick Leave
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: BARBOZA, Denise Beretta. Afastamentos do trabalho na enfermagem de um hospital geral no período de 1995 a 1999. 2001. 154 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2001.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/70
Data de defesa: 21-Dez-2001
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
deniseberetta_dissert.pdf1,48 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.