???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/486
Tipo do documento: Tese
Título: Estimativa sorológica de risco de transmissão transfusional de toxoplasma Gondii
Autor: Paduan, Natália Juliana 
Primeiro orientador: Mattos, Luiz Carlos de
Primeiro membro da banca: Ricci Júnior, Octávio
Segundo membro da banca: Ayo, Christiane Maria
Resumo: A prevenção da transmissão de microrganismos patogênicos por meio da transfusão de hemocomponentes resulta da combinação de diferentes procedimentos de segurança transfusional. Apesar do contínuo aprimoramento destes procedimentos de segurança, ainda há riscos de transmissão transfusional de doenças infecciosas e parasitárias e diferentes fatos podem contribuir para estes riscos. Dentre os microrganismos potencialmente capazes de serem transmitidos por transfusão de sangue e hemocomponentes encontra-se o Toxoplasma gondii. A triagem deste parasito não é compulsória em doadores de sangue brasileiros e, portanto, são desconhecidos os riscos relacionados à sua transmissão transfusional. Objetivos. O objetivo geral deste estudo foi determinar a prevalência de infecção por T. gondii em doadores de sangue da região noroeste do Estado de São Paulo; seus perfis sorológicos marcadores de infecção aguda e crônica, bem como estimar o risco de transmissão transfusional deste parasito por meio de sangue e hemocomponentes. Material e Método. Foram selecionados 1.729 doadores de sangue do Hemocentro de São José do Rio Preto – SP, de ambos os gêneros, aptos à doação. Amostras de soro foram utilizadas para a detecção de anticorpos anti-T. gondii IgM e IgG com o uso do método ELISA. Foram compostos quatro grupos de acordo com os perfis sorológicos: G1: IgM não reagente e IgG não reagente; G2: IgM reagente e IgG reagente; G3: IgM reagente e IgG não reagente; e G4: IgM não reagente e IgG reagente. Todas as unidades de hemocomponentes foram monitoradas para se determinar o risco de transmissão transfusional de T. gondii. O teste t foi utilizado para comparar as médias de idade acordo com o gênero e com a condição “reagente” e “não reagente”. A prevalência de infecção foi determinada por contagem direta. Os valores de Odds Ratio e do intervalo de confiança a 95% também foram calculados. O valor p adotado foi igual a 5%. Resultados. A prevalência de infecção nos doadores de sangue da região noroeste do Estado de São Paulo foi de 48,3% (835/1.729), sendo elevada em ambos os gêneros. O perfil sorológico marcador de infecção aguda (IgM reagente/IgG não reagente) foi identificado em apenas 0,46% (8/1.729) dos doadores analisados. O risco de transmissão transfusional do parasito por meio de hemocomponentes situou-se em 2%. Conclusões. A prevalência de infecção por T. gondii em doadores de sangue de ambos os sexos é elevada na região noroeste do Estado de São Paulo. O perfil sorológico marcador de infecção aguda foi semelhante àqueles observados em outras regiões brasileiras e em outros países. O risco de transmissão transfusional de T. gondii por hemocomponentes é baixo na região noroeste do Estado de São Paulo.
Abstract: The prevention of transmission of pathogenic microorganisms by transfusion of blood components results from a combination of different transfusion safety procedures. Despite the continuous improvement of these safety procedures, there are still risks of transfusional transmission of infectious and parasitic diseases and different facts may contribute to these risks. Among the microorganisms potentially capable of being transmitted by blood transfusion and blood components are Toxoplasma gondii. The screening of this parasite is not compulsory in Brazilian blood donors and, therefore, the risks related to its transfusion transmission are unknown. Material and Method. We selected 1,729 blood donors from the Regional Blood Center from São José do Rio Preto – SP, of both genders, eligible for donation. Serum samples were used for the detection of anti-T. gondii antibodies IgM and IgG with the use of the ELISA method. Four groups were composed according to the serological profiles: G1: IgM non-reactive and IgG non-reactive; G2: IgM reactive and IgG reactive; G3: IgM reactive and IgG non-reactive; G4: IgM non-reactive and IgG reactive. All blood components units were monitored to determine the risk of transfusion of T. gondii. The t-test was used to compare age averages according to gender and with the "reactive" and "non-reactive" condition. The prevalence of infection was determined by direct counting. Odds Ratio and 95% confidence intervals were also calculated. The p value adopted was equal to 5%. Results. The prevalence of infection in blood donors in the northwest region of the State of São Paulo was 48.3% (835/1,729), being high in both genders. The serological profile of acute infection (IgM reactive/IgG non- reactive) was identified in only 0.46% (8/1,729) of the analyzed donors. The risk of transfusion of the parasite by means of blood components was 2%. Conclusion. The prevalence of infection by T. gondii in blood donors of both genders is high in the northwest region of the State of São Paulo. The serological profile of acute infection was similar to those observed in other Brazilian regions and in other countries. The risk of transmission in transfusion of T. gondii by blood components is low in the northwest region of the State of São Paulo.
Palavras-chave: Serology
Blood Transfusion
Toxoplasma
Sorologia
Transfusão de Sangue
Toxoplasma
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1::306626487509624506::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::-6954410853678806574::500
Citação: Paduan, Natália Juliana. Estimativa sorológica de risco de transmissão transfusional de toxoplasma Gondii. 2017. 61 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1336
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/486
Data de defesa: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NataliaJulianaPaduan_dissert.pdfDocumento principal910,21 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.