???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/430
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tuberculose: coordenação da assistência nos serviços de atenção básica
Autor: Reis, Marília Cattozatto dos 
Primeiro orientador: Vendramini, Silvia Helena Figueiredo
Primeiro coorientador: Wysocki, Anneliese Domingues
Primeiro membro da banca: Paschoal, Vânia Del’Arco
Segundo membro da banca: Lopes, Lívia Maria
Terceiro membro da banca: Gazetta, Claudia Eli
Quarto membro da banca: Andrade, Rubia Laine de Paula
Resumo: Analisar a coordenação da assistência a tuberculose na atenção básica. Métodos: Estudo epidemiológico descritivo exploratório, do tipo levantamento retrospectivo, com abordagem quantitativa. Realizado levantamento pelo TB-WEB das pessoas notificadas de tuberculose, incluídos aqueles que iniciaram e terminaram o tratamento nos serviços de atenção básica do município entre os anos de 2013 e 2014, excluídos os que mudaram do município, mudaram diagnóstico, realizaram tratamento em serviços secundários ou faleceram após o diagnóstico. Na segunda etapa, foi realizada coleta de dados secundários nos serviços de saúde, através de instrumento feito pelos autores, e validados por especialistas. Os dados foram digitados e armazenados em um banco de dados do Excel 2007. Para a realização da análise dos dados, foram utilizadas técnicas de estatística descritiva (frequência relativa e absoluta) e multivariada, por meio do software Statistica 10 (StatSoft Inc.). Resultados: Foram analisados 86 prontuários, em 23 serviços de atenção básica. Dos serviços de saúde 14 (60,8%) eram Unidade Básica de Saúde da Família e 09 (39,1%) Unidade Básica de Saúde. Dentre os 86 prontuários analisados, 50 (58,2%) eram de pessoas com tuberculose acompanhados em Unidade Básica de Saúde e 36 (41,8%) nas Unidade Básica de Saúde da Família. O estudo mostra que as Unidades Básicas de Saúde apresentaram melhores resultados do que as Unidades Básicas de Saúde da Família, de acordo com a Análise de Correspondência Múltipla. Conclusões: O trabalho apontou que no município de estudo, durante o período de tratamento de 2012 e 2013, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) apresentaram melhores resultados sobre o registro de informação no tratamento de tuberculose do que as Unidades Básicas de Saúde com Estratégia de Saúde da Família (UBSF).
Abstract: The aim of this study is to analyze the coordination of tuberculosis care in primary health care. Methods: This is an exploratory-descriptive, epidemiologic study, retrospective survey-type, with quantitative approach. A survey regarding the tuberculosis patients was conducted by TB-WEB, including the patients who started and ended treatment in primary care services in this city between 2013 and 2014, and excluding those who moved from the municipality, changed diagnosis, were treated in secondary care, or died after diagnosis. A secondary data collection in health care service was performed during the second stage, through an instrument developed by the authors, and validated by specialists. Data were typed and stored in an Excel 2007 database. Data were analyzed using descriptive statistics (relative and absolute frequency) and multivariate statistics, using Statistica 10 software (StatSoft Inc.). Results: 86 medical records were analyzed, in 23 primary care services. Regarding health care services, 14 (60.8%) were from Basic Family Health Unit, and 09 (39.1%) from Basic Health Unit. Considering the 86 medical records analyzed, 50 (58.2%) were patients followed-up in Basic Health Units, and 36 (41.8%) were patients followed-up in Basic Family Health Units. This study shows that Basic Health Units presented better results than Basic Family Health Units, according to Multiple Correspondence Analysis. Conclusions: The results contradict the literature, as Basic Family Health Units work with a smaller number of patients. Therefore, Basic Family Health Units have greater chances to follow up the patients, and, thus, to expand the relationship with the community to which it provides care.
Palavras-chave: Tuberculosis
Health Care
Hospital Units
Tuberculose
Assistência à Saúde
Unidades Hospitalares
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1::306626487509624506::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::-6954410853678806574::500
Citação: Reis, Marília Cattozatto dos. Tuberculose: coordenação da assistência nos serviços de atenção básica. 2017. 84 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1398
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/430
Data de defesa: 28-Jul-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MaríliaCattozattodosReis_dissert.pdfDocumento principal1,83 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.