???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/416
Tipo do documento: Tese
Título: Terapia cognitivo comportamental em grupo para pacientes com dor crônica
Autor: Santos Junior, Randolfo dos 
Primeiro orientador: Cury, Patricia Maluf
Primeiro coorientador: Miyazaki, Maria Cristina Oliveira Santos
Primeiro membro da banca: Forni, José Eduardo Nogueira
Segundo membro da banca: Domingos, Neide Aparecida Micelli
Terceiro membro da banca: Micheletto, Marcos Ricardo Datti
Resumo: A avaliação e o manejo da dor crônica constituem importante foco de atenção, uma vez que são apontadas como uma das principais causas de incapacidade e de procura por cuidados de saúde. Objetivo: Avaliar autoeficácia e indicadores de ansiedade e depressão em pacientes com diagnóstico de dor crônica alocados em duas modalidades de tratamento: a) programa estruturado de Terapia Cognitivo Comportamental em grupo; b) grupo controle, que recebeu o tratamento habitual fornecido pela instituição. Materiais e Métodos: Participaram pacientes adultos de ambos os sexos, em início de atendimento na Clínica da Dor. Aqueles que atenderam aos critérios de inclusão e concordaram em participar do estudo foram randomizados para alocação no Grupo Experimental (GE) ou no Grupo Controle (GC). Todos os participantes foram avaliados em três momentos: avaliação inicial, reavaliação e seguimento. Responderam aos seguintes instrumentos: Questionário de dados clínicos e sociodemográficos; Escala de Autoeficácia para Dor Crônica; Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão; Escala Numérica de Dor; Inventário de Atitudes e Crenças Diante da Dor Crônica. O grupo experimental recebeu, além do tratamento habitual fornecido pela instituição, 10 sessões de intervenção Cognitivo Comportamental em grupo. O grupo controle recebeu o tratamento habitual, oferecido pela Clínica da Dor. Resultados: Participaram da primeira parte deste estudo 114 pacientes adultos em tratamento de dor crônica. Os dados apontaram indicadores elevados de ansiedade (53%) e depressão (55%), além de baixa autoeficácia (63%). Observou-se que a baixa autoeficácia está associada às crenças e atitudes disfuncionais diante da dor e a indicadores mais elevados de ansiedade e depressão. Na segunda parte do estudo, todos os participantes foram distribuídos por meio de randomização em dois grupos: Grupo Experimental (GE) e Grupo Controle (GC). Participaram de todas as etapas desta parte do estudo 57 participantes, sendo 31 no GE e 26 no GC. Comparando-se os dois grupos no que se refere ao seguimento, os resultados apontaram que o grupo experimental apresentou em relação ao grupo controle, escores significativamente maiores de autoeficácia (p < 0,026) e, significativamente,menores de ansiedade (p < 0,01) e depressão (p < 0,023). Conclusão: Neste estudo, a Terapia Cognitivo Comportamental em grupo promoveu benefícios importantes aos pacientes com dor crônica, atuando em suas crenças e atitudes diante da dor, manejo de ansiedade e redução nos indicadores de depressão.
Abstract: The assessment and management of chronic pain are an important focus of attention, since these are pointed out as a major cause of disability and demand for health care.Objective: To evaluate the self-efficacy and indicators of anxiety and depression in patients diagnosed with chronic pain in two forms of treatment: a) structured program of Cognitive-Behavioral Therapy in group; B) control group who undergone the usual treatment of the institution.Materials and Methods: Adult patients of both genders at the beginning of care in the Pain Clinics. Those who met the inclusion criteria and agreed to participate in the study were randomized to allocation in the Experimental Group (EG) or Control Group (CG). All participants were evaluated in three moments: initial evaluation, reassessment and follow-up. They answered the following instruments: Questionnaire on clinical and sociodemographic data; Self-Efficacy Scale for Chronic Pain; Hospital Anxiety and Depression Scale; Numeric Pain Rating Scale; Inventory of Attitudes and Beliefs Facing Chronic Pain. The experimental group received, besides the habitual treatment provided by the institution, 10 sessions of Cognitive-Behavioral intervention in group. The control group received the usual treatment provided by the Pain Clinics. Results:A total of 114 adult patients undergoing chronic pain treatment participated in the first part of this study. Data pointed out high indicators of anxiety (53%) and depression (55%), in addition to low self-efficacy (63%). Low self-efficacy was associated with beliefs and dysfunctional attitudes towards pain and to higher indicators of anxiety and depression were observed. In the second part of the study, all participants were randomized into two groups: Experimental Group (EG) and Control Group (CG) . Fifty-seven patients participated in all the stages of this part of the study, 31 in EG and 26 in CG. Comparing the two groups according to the follow-up, the results showed that the experimental group had significantly higher self-efficacy scores (p <0.026) and. significantly lower anxiety scores (p < 0 , 01) and depression (p <0.023).Conclusion: In this study, the cognitive-behavioral therapy in group has improved important benefits for patients with chronic pain, playing on their beliefs and attitudes toward pain, anxiety management and reduction on depression indicators.
Palavras-chave: Cognitive Behavioral Therapy
Psychotherapy
Chronic Pain
Terapia Comportamental Cognitiva
Psicoterapia
Dor Crônica
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1::306626487509624506::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::-6954410853678806574::500
Citação: Santos Junior, Randolfo. Terapia cognitivo comportamental em grupo para pacientes com dor crônica. 2017. 98 p. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1323
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/416
Data de defesa: 13-Nov-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RandolfodosSantosJunior_tese.pdfDocumento principal1,57 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.