Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/377
Tipo do documento: Dissertação
Título: Genes HLA de classe II (DRB1 e DQB1) como fatores de risco para a toxoplasmose ocular.
Autor: Camargo, Ana Vitória da Silveira 
Primeiro orientador: Mattos, Luiz Carlos de
Primeiro membro da banca: Castiglioni, Lilian
Segundo membro da banca: Nakashima, Fabiana
Resumo: Introdução: A toxoplasmose, uma doença resultante da infecção por Toxoplasma gondii, manifesta-se clinicamente nas formas ocular, cerebral e congênita. Este parasito Apicomplexa infecta células nucleadas de todos os tecidos e pode permanecer em estado latente ou provocar danos celulares irreversíveis. Os genes HLA de classe II controlam a resposta imune adaptativa humoral e influenciam a suscetibilidade e a resistência às doenças infecciosas e parasitárias. A toxoplasmose ocular, além de ser dependente da infecção por T. gondii e da variabilidade das cepas infectantes, é fortemente influenciada por fatores genéticos do hospedeiro. Objetivo: Testar a hipótese de que os genes HLA de classe II (HLA-DRB1 e HLA-DQB1) estão associados à toxoplasmose ocular. Materiais e Métodos: Foram analisadas amostras de DNA de 249 indivíduos submetidos à avaliação oftalmológica e com sorologia reagente para T. gondii. De acordo como quadro clínico, dois grupos distintos foram compostos: um formado por pacientes com toxoplasmose ocular (n=123) e outro grupo, por pacientes sem a forma ocular da doença (n=126). Os pacientes com toxoplasmose ocular foram subdivididos em dois grupos de acordo com o tipo de manifestação ocular: primária (n=93) ou recorrente (n=30). A genotipagem dos alelos HLA de classe II foi realizada pela técnica reação da cadeia de polimerase com sequência de oligonucleotídeos específicos (PCR-SSO; One Lambda®). Resultados: A média de idade dos pacientes com toxoplasmose ocular foi menor (40.9±19.9) que a daqueles sem toxoplasmose ocular (57.6±17.2) (p<0.0001). Os alelos HLA-DRB1*03 (OR=1,94; IC 95% 1.09-3.45; p=0.031; pc=0.404) e HLA-DQB1*02 (OR=1.52; IC 95% 1.03-2.24; p=0.039; pc=0.197) apresentaram maior frequência alélica no grupo sem toxoplasmose ocular em comparação ao grupo com toxoplasmose ocular. O alelo HLA-DRB1*14 foi mais frequente no subgrupo com a manifestação recorrente em comparação ao grupo sem toxoplasmose ocular (OR=0.32; IC 95% 0.12-0.83; p=0.032; pc=0.417) e com o subgrupo manifestação primária (OR=0.25; IC95% 0.08-0.73; p=0.017; pc=0.223). O haplótipo HLA-DRB1*03_DQB1*02 não se mostrou associado ao menor risco de toxoplasmose ocular (OR=1.86; IC 95%: 1.03-3.36; p=0.052). Conclusões: Os resultados obtidos sugerem que os genes HLA de classe II (DRB1 e DQB1) não estão associados com o desenvolvimento da toxoplasmose ocular e que nenhum haplótipo HLA DRB1_DQB1 influencia o desenvolvimento desta doença na população analisada.
Abstract: Introduction: Toxoplasmosis, a disease resulting from Toxoplasma gondii infection, is clinically manifested through ocular, cerebral and congenital ways. This pararsito Apicomplexa is capable of infecting cells of all nucleated tissues and may remain in a latent state or cause irreversible cell damage. The HLA class II genes control the adaptive immune response humoral and influence susceptibility and the resistance to infectious and parasitic diseases. The ocular toxoplasmosis, besides being dependent on infection with T. gondii as well as the variability of the infecting strain, is influenced by host genetic factors. Aim: To test the hypothesis that the HLA class II genes (HLA-DRB1 and HLA-DQB1) are associated with ocular toxoplasmosis. Materials and Methods: Samples of 249 patients undergoing ophthalmologic evaluation and positive serology to T. gondii were analyzed. According to the clinical conditions, two distinct groups were composed: one formed by patients with ocular toxoplasmosis (n=123); and another group with patients without the disease ocular form (n=126). The patients with ocular toxoplasmosis were subdivided into two groups, according to the type of ocular manifestation: primary (n=93 samples) or recurrent (n=30). Genotyping of Class II HLA alleles were performed by the polymerase chain reaction technique with specific oligonucleotide sequence (PCR-SSO; One Lambda®). Results: The average ages of the group of patients with ocular toxoplasmosis was less (40.9±19.9) than the average age of patients without ocular toxoplasmosis (57.6±17.2) (p<0.0001).The alleles HLA-DRB1*03 (OR=1,94; IC 95% 1.09-3.45; p=0.031; pc=0.404) and HLA-DQB1*02 (OR=1.52; IC 95% 1.03-2.24; p=0.039; pc=0.197) showed a more allelic frequency in patients without ocular toxoplasmosis when compared to the group with ocular toxoplasmosis. The HLA-DRB1*14 alelle was more frequent in the subgroup of the recurrent manifestation, when compared to the group without ocular toxoplasmosis (OR=0.32; IC 95% 0.12-0.83; p=0.032; pc=0.417) and to the primary manifestation subgroup (OR=0.25; IC95% 0.08-0.73; p=0.017; pc=0.223). The HLA-DRB1*03_DQB1*02 haplotype was not associated with the lower risk of ocular toxoplasmosis (OR=1.86; IC 95%: 1.03-3.36; p=0.052). Conclusions: The obtained results suggest that the Class II HLA genes (DRB1 and DQB1) are not associated with the ocular toxoplasmosis development; and that none HLA DRB1_DQB1 haplotype influences the ocular toxoplasmosis development in the study population.
Palavras-chave: Toxoplasmose Ocular
Toxoplasmosis, Ocular
Toxoplasma
Toxoplasma
Genes
Genes
Fatores de Risco
Risk Factors
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: Camargo, Ana Vitória da Silveira. Genes HLA de classe II (DRB1 e DQB1) como fatores de risco para a toxoplasmose ocular. 2016. 74 p. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1272
URI: http://hdl.handle.net/tede/377
Data de defesa: 6-Jun-2016
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
anavitoriadascamargo_dissert.pdfanavitoriadascamargo_dissert2,21 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.