???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/372
Tipo do documento: Dissertação
Título: Níveis de ansiedade, depressão e engagement no trabalho em residentes de pediatria
Autor: Teixeira, Priscila Regina 
Primeiro orientador: Gazetta, Cláudia Eli
Primeiro coorientador: Lourenção, Luciano Garcia
Primeiro membro da banca: Santos, Maria de Lourdes Sperli Geraldes
Segundo membro da banca: Rossi, Lilian Cristina de Castro
Resumo: A residência médica é uma modalidade de ensino caracterizada por treinamento em serviço sob supervisão, em tempo integral. Compreende uma experiência de trabalho intenso e exaustivo, faz dos profissionais um grupo de risco para o desenvolvimento de distúrbios emocionais e disfunções profissionais, com alta incidência de ansiedade e depressão. Apesar de causar efeitos prejudiciais na sensibilidade dos médicos em relação aos pacientes, no desempenho acadêmico e profissional, na saúde, no bem-estar e na qualidade de vida pessoal, contribui com o incremento de competências, autoconfiança e segurança profissionais. Objetivos: Avaliar os níveis de ansiedade, depressão e engagement no trabalho dos profissionais matriculados em um Programa de Residência Médica em Pediatria de uma instituição de ensino do interior do estado de São Paulo. Métodos: Estudo transversal descritivo, de base populacional, entre os profissionais matriculados no Programa de Residência Médica em Pediatria. Os dados foram coletados entre os meses de novembro de 2013 a fevereiro de 2014, utilizando-se instrumentos: um elaborado pelos autores, para coleta dos dados Sociodemográficos, a Escala de Ansiedade de Beck (BAI), a Escala de Depressão de Beck (BDI-II) e a Utrecht Work Engagement Scale (UWES). Resultados: Participaram do estudo 36 médicos residentes. Houve predominância do sexo feminino (91,4%), idade mediana de 28 anos (mínimo: 25; máximo: 34), solteiros (86,11%), renda familiar de dez ou mais salários (47,1%), jornada de trabalho de 12 horas ou mais (55,6%), sem atividade física (55,5%) e de lazer (44,2%), com outro vínculo laboral (71,4%), satisfeitos com o trabalho (88,9%) e pensaram em desistir do programa (52,8%). Os índices de engagement variaram de 3,56 a 4,28. A dimensão Dedicação obteve índice alto (4,28±1,12) e as dimensões Absorção, Vigor e Engagement, médios (3,58±1,00; 3,56±0,98 e 3,78±0,96). Ansiedade esteve presente em 50,0% dos profissionais e depressão em 44,4%. Houve associação estatística da ansiedade com a faixa etária (p<0,005) e com o desejo de desistir do programa (p=0,038); e da depressão com a faixa etária (p=0,001), prática de atividade física (p=0,016), atividades de lazer (p=0,012) e com o desejo de desistir do programa (p=0,008). Conclusões: Os residentes apresentaram bons índices de engagement, principalmente no domínio Dedicação. Há um baixo percentual de profissionais com baixo índice de engagement em todos os domínios do UWES. Os níveis de ansiedade e depressão foram superiores aos observados em outros programas, havendo associação destes transtornos com a faixa etária, ausência de atividade física e de lazer, evidenciando a necessidade de maior atenção e suporte aos profissionais, de implementação de ações de controle dos fatores estressores entre os residentes de pediatria, e de estratégias de promoção do bem-estar físico e mental destes profissionais.
Abstract: The medical residency is a teaching mode characterized by in-service training under supervision at all times. Comprises an intense and thorough work experience, makes professionals a group at risk for developing emotional disorders and dysfunctions, professionals with high incidence of anxiety and depression. Despite causing harmful effects on sensitivity of doctors in relation to patients, in the academic and professional performance, health, well-being and quality of life, contributes to enhancing skills, self-confidence and security professionals. Objectives: To evaluate the levels of anxiety, depression and work engagement in professionals enrolled in a Residency Program in Pediatrics of an educational institution in the State of São Paulo in Brazil. Methods: Cross-sectional study of population base, among the professionals enrolled in the medical residency program in Pediatrics. The data were collected between the months of november, 2013 to february, 2014, using instruments: an elaborate by the authors, for Demographic data collection, the Beck Anxiety Scale (BAI), the Beck Depression Scale (BDI-II) and the Utrecht Work Engagement Scale (UWES). Results: 36 residents participated in the study. There was a predominance of females (91.4%), median age 28 years (minimum: 25; maximum: 34), singles (86.11%), family income from 10 or more wages (47.1%), workday of 12 hours or more (55.6%), without physical activity (55.5%) and leisure (44.2%), with another employment (71.4%) satisfied with the job (88.9%) and thought about quitting the programme (52.8%). The engagement ranged from 3.56 to 4.28. The dimension Dedication obtained high index (4.28 ± 1.12) and dimensions, Force Absorption and Engagement, (3.58 ± 3.56 ± 0.98 1.00; and 3.78 ± 0.96). Anxiety was present in 50.0% and depression in 44.4%. There was no statistical association of anxiety with the age group (p<0.005) and with the desire to give up the program (p=0.038); and depression with age group (p=0.001), practice of physical activity (p=0.016), leisure activities (p=0.012) and with the desire to give up the program (p=0.008). Conclusions: The residents showed good levels of engagement, especially in the field Dedication. There is a low percentage of people with low level of engagement in all areas of the UWES. Anxiety and depression levels were higher than those observed in other programs, with Association of these disorders with age, lack of physical activity and leisure, highlighting the need for greater attention and professional support, and implementation of control of stressors factors among residents in Pediatrics, and of strategies to promote physical and mental well-being of these professionals.
Palavras-chave: Medical Staff, Hospital
Internship and Residency
Anxiety
Depression
Job Satisfaction
Corpo Clínico Hospitalar
Internato e Residência
Ansiedade
Depressão
Satisfação no Emprego
Área(s) do CNPq: ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA::5647390027954931658::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 2::2907770059257635076::600
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem::5708931012041588413::500
Citação: Teixeira, Priscila Regina. Níveis de ansiedade, depressão e engagement no trabalho em residentes de pediatria. 2016. 55 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1264
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/372
Data de defesa: 16-Sep-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
priscilareginateixeira_dissert.pdfpriscilareginateixeira_dissert1,26 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.