Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/329
Tipo do documento: Dissertação
Título: O impacto do diabetes no desfecho do tratamento da tuberculose em uma regional do estado de São Paulo
Autor: Feltrin, Aline Fiori dos Santos 
Primeiro orientador: Vendramini, Silvia Helena Figueiredo
Primeiro coorientador: Sasaki, Natália Sperli Geraldes Marin dos Santos
Primeiro membro da banca: Ribeiro, Rita de Cassia Helu Mendonça
Segundo membro da banca: Gazetta, Cláudia Eli
Resumo: Introdução: A tuberculose é uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium Tuberculosis, mais conhecido como Bacilo de Koch. É uma prioridade na saúde pública no Brasil, pois estima-se que ocorram 129.000 casos por ano no país, dos quais são notificados apenas cerca de 90.000. Para o desenvolvimento da doença alguns fatores podem ser desencadeantes para os indivíduos que entraram em contato com o bacilo e estão infectados, entre eles o Diabetes Mellitus. O Diabetes é uma doença crônica, de origem múltipla, fragilizando o sistema imunológico do indivíduo portador. Assim como a tuberculose, o Diabetes é uma prioridade de Saúde Pública. Estudos recentes mostram que os diabéticos tem maior chance de desenvolver a tuberculose pulmonar, podendo ser até quatro vezes maior do que nos indivíduos não-diabéticos. Ambos os agravos são de difícil tratamento e controle devido aos efeitos colaterais dos medicamentos e mudança de hábitos de vida. Objetivo: Analisar os fatores associados aos desfechos do tratamento da tuberculose entre os doentes diabéticos e não diabéticos em uma regional do estado de São Paulo no período de 1996 a 2014. Método: foram utilizados dados secundários dos casos de tuberculose notificados no sistema de informação TBWEB no período de 1996 a 2014, residentes nos municípios na área de atuação do Departamento Regional de Saúde de São José do Rio Preto, que conta com 102 municípios e população de aproximadamente 1.500.000 habitantes, foram excluídos do estudo os casos que tiveram como desfecho a mudança de diagnóstico ou transferência do paciente para outro Estado, notificações sem encerramento, casos onde o município notificante não pertencia a área, totalizando 4.820 casos no período. Foi realizada análise bivariada, em um modelo de regressão logística não condicional, por meio do Software R, software de acesso livre de análise estatística e gráficos, considerando-se um nível de significância de 5% (p<0,05). Foram obtidas medidas ajustadas de odds ratio (OR), permitindo avaliar a força de associação entre as variáveis independentes e o abandono e óbito para identificar possíveis relações de proteção e risco. Resultados: Houve predomínio do sexo masculino, correspondendo a 72,6% e 64,4% em não-diabéticos e diabéticos. A faixa etária com maior predominância foi de 20 a 59 anos, sendo de 78,1% em não-diabéticos e 65,3% em diabéticos, nestes, com importância na faixa etária de 60 e mais anos com 34,4% dos casos. O diabetes e a idade de 60 anos e mais apresentaram-se como fatores de risco para o abandono, com valor de p<0,05 e odds ratio ajustado 2,8 e 2,51, respectivamente. Para o óbito ter diabetes apresentou-se como fator de proteção, com p<0,05 e OR=0,68. Conclusão: Considerando que a associação tuberculose e diabetes, doenças de grande impacto para a Saúde Pública, tem sido cada vez mais frequente, é fundamental aprofundar os estudos para compreender a implicação da comorbidade no sucesso ou insucesso do tratamento , avaliando o quanto as características da população, e assistência em saúde podem estar ligadas direta ou indiretamente neste processo, de maneira a viabilizar ações de planejamento no âmbito da prevenção, acompanhamento e tratamento adequados à essa realidade.
Abstract: Introduction: Tuberculosis is an infectious disease caused by Mycobacterium Tuberculosis, better known as Koch's bacillus. It is a priority in public health in Brazil, as it is estimated that 129,000 cases occur annually in the country, which are notified only about 90,000. For the development of the disease some factors may be triggering for individuals who came into contact with the bacillus and are infected, including diabetes mellitus. Diabetes is a chronic, multi-source, weakening the immune system of individuals with the disease. As well as tuberculosis, diabetes is a public health priority. Recent studies show that diabetics are more likely to develop pulmonary tuberculosis, which can be up to four times higher than in non-diabetic subjects. Both diseases are difficult to treat and control due to side effects and life changing habits. Objective: To analyze the factors associated with the outcomes of tuberculosis treatment in diabetic and nondiabetic patients in a regional state of Sao Paulo from 1996 to 2014. Methods: Secondary data were used of tuberculosis cases reported in the information system TBWEB in the period 1996 to 2014, residents in the cities on the scope of the Regional Department of Health of São José do Rio Preto, which has 102 municipalities and a population of approximately 1,500,000 inhabitants, were excluded cases that had as outcome the change in diagnosis or patient transfer to another State, notifications without closing cases where the municipality notifying did not belong to the area, totaling 4,820 cases in the period. Bivariate analysis was performed in a model of logistic regression through the Software R, which is an open-access software for statistical analysis and graphics, considering a significance level of 5% (p <0.05) . Adjusted measurements were obtained odds ratio (OR) in order to evaluate the strength of association between independent variables and the abandonment and identify possible relationships protection risk. Results: There was a predominance of males, accounting for 72.6% and 64.4% in non-diabetics and diabetics. The age group with the highest prevalence was 20-59 years, and 78.1% in non-diabetics and 65.3% in diabetics, those with importance aged 60 and over with 34.4% of cases . Diabetes and the age of 60 years and more were presented as risk factors for dropping out, with p <0.05 and adjusted odds ratio OR = 2.8 and OR = 2.51, respectively. To death have diabetes appeared as a protective factor, with p <0.05 and OR = 0.68. Conclusion: Whereas the association tuberculosis and diabetes, major diseases and impact on public health, has been increasingly common and expected, it is essential to deepen the studies to understand the implications of comorbidity in the success or failure of treatment and evaluate the as population characteristics, regions and health care can be linked directly or indirectly in this process in order to facilitate action planning in the prevention, monitoring and treatment appropriate to this reality.
Palavras-chave: Tuberculose
Tuberculosis
Diabetes Mellitus
Diabetes Mellitus
Medidas de Associação, Exposição, Risco ou Desfecho
Measures of Association, Exposure, Risk or Outcome
Área(s) do CNPq: ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: Feltrin, Aline Fiori dos Santos. O impacto do diabetes no desfecho do tratamento da tuberculose em uma regional do estado de São Paulo. 2015. 71 p. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1228
URI: http://hdl.handle.net/tede/329
Data de defesa: 9-Dez-2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
alinefioridossantosfeltrin_dissert.pdf1,31 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.