Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/261
Tipo do documento: Dissertação
Título: O relaxamento como terapia complementar em portadores de hanseníase e seu efeito na percepção da dor e na Variabilidade da Frequência Cardíaca
Autor: Fernandes, Gislaine Buzzini 
Primeiro orientador: Godoy, Moacir Fernandes de
Primeiro membro da banca: Paschoal , Vânia Del´Arco
Segundo membro da banca: Nardi, Susilene Maria Tonelli
Resumo: Introdução: A dor que acomete o portador de hanseníase direcionou este estudo que teve como objetivos avaliar o efeito do relaxamento como terapia complementar e seu impacto na percepção da dor e na variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Metodologia: Estudo quantitativo, analítico com três instrumentos de coleta de dados. Foram estudados 20 portadores de hanseníase, no Ambulatório do Hospital de Base e no Núcleo de Gestão Assistencial 60 de São José do Rio Preto/SP. A metodologia utilizada foi o Relaxamento Muscular Progressivo de Jacobson modificado com a finalidade de atingir níveis desejados de relaxamento dos diferentes grupos musculares, junto a atividades respiratórias coordenadas. Foram realizadas no total 85 sessões. Em cada sessão de relaxamento era escolhido um dos participantes para a colocação do dispositivo Polar ® Advanced S810i (cinto transmissor e relógio). Foi usado um formulário de entrevista e a escala visual analógica para a quantificação da dor. Além disso, foram feitas reuniões de sensibilização e prática para aplicação do relaxamento. Foi utilizado o software Kubios_HRV para cálculo das variáveis, e o StatsDirect 2-6-3 para análise descritiva e inferencial. As medidas descritivas utilizadas foram média, desvio-padrão, mediana e quartis. Na análise inferencial, o teste t de Sudent pareado bicaudal foi empregado para variáveis contínuas com distribuição gaussiana ou teste de Wilcoxon quando não gaussiana. Quanto à representação gráfica foram empregados gráficos de Box-Plot. Admitiu-se erro alfa de 5% sendo considerados significantes valores de P≤0,05. Resultados: a comparação do grau de percepção da dor entre as primeiras sessões de relaxamento (da 1ª a 5ª) aplicadas aos pacientes em estudo mostrou uma melhora estatisticamente significante, com valor de P= 0,0064. Foram detectadas diferenças significantes indicando que os pacientes, após mais de cinco sessões de relaxamento e após a 10ª apresentavam redução dos níveis de percepção da dor, indicando eficácia da técnica de relaxamento. Os efeitos na variabilidade da frequência cardíaca mostraram que as variáveis no domínio do tempo (SDNN, RMSSD e pNN50), no domínio da frequência (LF, HF e LF/HF) e no domínio não-linear (SD1, SD2 e SD1/SD2), exibiram diferença estatisticamente significante na análise comparativa antes e depois da realização dos exercícios de relaxamento, indicando que o procedimento utilizado melhora o comportamento autonômico total uma vez que há evidência na literatura de que melhor variabilidade se associa com melhor condição homeostática. Conclusões: O exercício terapêutico pode ser considerado como recurso importante no que tange à promoção e prevenção de incapacidades em indivíduos portadores de hanseníase com dor. Após cinco sessões de relaxamento com a técnica de Jacobson obteve-se melhora significante. Houve mudança significante na variabilidade da frequência cardíaca (VFC), nos domínios do tempo, da frequência, e não linear, mostrando maior estabilidade do organismo (homeostase) e, consequentemente, melhora clínica com redução do sintoma alvo.
Abstract: Introduction: Pain is an important complaint of leprosy patients. This study aimed to evaluate the effect of relaxation in the treatment of pain in leprosy and the impact of this approach on pain perception and heart rate variability (HRV). Methods: This quantitative, analytical study employed three instruments for data collection. Twenty leprosy patients were enrolled in the Núcleo de Gestão Assistencial 60 Clinic in São José do Rio Preto, SP. The modified Jacobson Progressive Muscle Relaxation technique was used together with coordinated breathing exercises to achieve the desired level of relaxation of different muscle groups. A Polar ® Advanced S810i device (transmitter belt with timer) was worn by one selected participant in each relaxation session .A questionnaire and visual analogue scale were used to quantify pain. Further more practical training meetings were held to apply the relaxation technique. The Kubios_HRV computer program was used to calculate variables, and the Stats Direct 2-6-3 program for descriptive and inferential analysis. Data are reported as means, standard deviation, median and quartiles. The paired two-tailed Student t-test and Wilcoxon test were used for statistical analysis. An alpha error of 5% (p-value ≤ 0.05) was considered acceptable. Results: Statistically significant improvement (p-value=0.0064) in the degree of perceived pain was reported within the first five relaxation sessions. Further tests showed significant improvements after five and ten sessions of relaxation as patients felt less pain proving the efficacy of the relaxation technique. The results of the effects on heart rate variability identified statistically significant improvements with relaxation exercises in respect to time domain variables (SDNN, RMSSD and pNN50), frequency domain (LF, HF and LF/HF) and non-linear domain (SD1, SD2 and SD1/SD2). This demonstrates that this procedure improves over all autonomic behavior since improved variability is associated with a better homeostatic condition. Conclusions: Therapeutic exercises can be considered an important resource to improve and prevent disabilities in individuals with pain due to leprosy.
Palavras-chave: Hanseníase
Leprosy
Terapia de Relaxamento
Relaxation Therapy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: Fernandes, Gislaine Buzzini. O relaxamento como terapia complementar em portadores de hanseníase e seu efeito na percepção da dor e na Variabilidade da Frequência Cardíaca. 2015. 82 p. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, Sâo José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 1143
URI: http://hdl.handle.net/tede/261
Data de defesa: 27-Mar-2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
gislainebuzzinifernandes_dissert.pdfgislainebuzzinifernandes_dissert1,33 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.