???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/254
Tipo do documento: Dissertação
Título: Síndrome do intestino irritável: tratamento convencional e terapia cognitivo-comportamental
Autor: Zanin, Carla Rodrigues 
Primeiro orientador: Domingos, Neide Aparecida Micelli
Primeiro membro da banca: Paschoal, Priscila Silveira Duarte
Segundo membro da banca: Netinho, João Gomes
Resumo: A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é um transtorno gastrintestinal crônico que acarreta prejuízos significativos na qualidade de vida dos pacientes e está associada à ansiedade, depressão e estresse. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da terapia cognitivo-comportamental (TCC) associado ao tratamento convencional da SII. Participaram do estudo 14 pacientes adultos (21 a 65 anos) em acompanhamento uma vez na semana durante quatro meses no Ambulatório de um Hospital de Ensino do interior paulista e follow-up de seis meses. A seleção foi por amostra de conveniência para os grupos de intervenção (Terapia Cognitivo-Comportamental - GTCC) e controle (Tratamento Convencional – GTC). Foram utilizados Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão; Inventário de Sintomas de Stress; Escala Modos de Enfrentamento de Problemas; Qualidade de Vida; Escala Visual Analógica (E.V.A.) e ficha com dados sóciodemográficos. Pacientes de ambos os grupos, apresentaram sintomas de ansiedade, depressão e estresse, com redução dos sintomas na avaliação, após os quatro meses e no follow up, no GTCC, com melhora clínica significante tanto dos sintomas de ansiedade, depressão e estresse. Não houve mudanças significantes na avaliação pré e follow up do G TC quanto aos sintomas de ansiedade, depressão e dor. Todos os pacientes de ambos os grupos apresentaram dor na avaliação inicial, com redução da intensidade da dor no pós (4 meses) no follow up (6 meses), no G TCC, mostrando diferença significante. No follow up (G TC e G TCC) houve diferença significante indicando diminuição das queixas de dor, após intervenção psicológica no G TCC, sugerindo que a TCC tem demonstrado eficácia no tratamento dos pacientes com SII para o controle da dor. A maioria dos domínios de qualidade de vida foi avaliado como insatisfatório para ambos os grupos, apresentando melhora clínica na avaliação pós intervenção e no follow up, no G TCC. Em comparação no follow up do GTC e GTCC, os dados mostraram diferenças significantes nos domínios capacidade funcional, aspecto físico, aspecto social e aspecto emocional, indicando que a intervenção psicológica desempenha papel importante no controle e redução dos sintomas físicos e emocionais, bem como apresentou diferença significante na avaliação pré e pós intervenção e pré e follow up no GTCC. A estratégia de enfrentamento menos utilizada foi o enfrentamento no problema e social no GTC na avaliação pré e follow up, no GTCC, o enfrentamento social foi o menos utilizado na avaliação pré. Entretanto houve aquisição de estratégias de enfrentamento observadas na avaliação pós (4 meses) e follow up (6 meses) no GTCC. Os resultados demonstraram a presença de ansiedade, depressão, estresse e prejuízos na qualidade de vida presentes nessa amostra e impacto positivo da TCC para o controle dos sintomas físicos e emocionais, bem como melhora na qualidade de vida e aquisição de estratégias de enfrentamento, demonstrando a necessidade de intervenção adequada para pacientes com SII.
Abstract: Irritable Bowel Syndrome (IBS) is a chronic gastrointestinal disorder that causes significant impairment on the patients´ quality of life. It is associated with anxiety, depression and stress. The objective of this study was to evaluate the impact of cognitive-behavioral therapy (CBT) associated with the conventional treatment of IBS . Fourteen adult patients (21 and 65 years old) participated in the study. They were attended once in a week during four months and had a six month-follow up in the outpatient clinic of a school hospital in the interior of São Paulo state . A convenience sample for the intervention groups (cognitive-behavioral therapy - CBT) and control (Conventional Treatment – CT) was used as selection standard. Hospital Scale of Anxiety and Depression ; Inventory of Stress-Related Symptoms; Scale of Modes Coping Problems; Quality of life; Visual Analog Scale (VAS ) and a register with sociodemographic data were used. Patients in both groups showed symptoms of anxiety, depression and stress, with reduction of symptoms in the evaluation after the four months and their follow up , in the CBT with significant clinical improvement of anxiety and depression and stress symptoms. No significant changes were observed in pre- and follow up of the CT G according to the symptoms of anxiety, depression and pain. All patients in both groups had pain at baseline, with a reduction in pain intensity in the post (4 months) at follow up (6 months), in the CBT, showing significant difference. At follow up (TC G and CBT G) a significant difference pointing out a decrease of pain complaints after psychological intervention in CBT G, suggesting that CBT has shown efficacy on the pain control treatment of IBS patients . Most of quality of life domains were assessed as unsatisfactory for both groups, with clinical improvement in post intervention assessment and follow up, in the CBT G. Comparing the follow up of the CT G and CBT G, data showed significant differences in the domains functional capacity, physical aspect, social aspect and emotional aspect, pointing out that psychological intervention plays an important role in the control and reduction of physical and emotional symptoms as well as showing significant difference in pre- and post intervention and pre and follow up in the CBT G. The least used coping strategy was facing the problem and social GTC in the pre and follow-up, the CBT G, the social confrontation was the least used in the pre. However, there was acquisition of coping strategies observed in post evaluation (4 months) and follow up (6 months) in the GTCC. The results showed some anxiety, depression, stress and impaired quality of life in this sample as well as positive impact of CBT for the control of physical and emotional symptoms and improvement in the quality of life and acquisition of coping strategies, demonstrating the need for appropriate intervention for patients with IBS.
Palavras-chave: Irritable Bowel Syndrome
Psychotherapy
Síndrome do Intestino Irritável
Psicoterapia
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::8765449414823306929::600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Faculdade 1::Departamento 1::306626487509624506::500
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde::1102159680310750095::500
Citação: Zanin, Carla Rodrigues. Síndrome do intestino irritável: tratamento convencional e terapia cognitivo-comportamental. 2015. 81 p. Dissertação( Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/254
Data de defesa: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
carlarodrigueszanin_dissert.pdfcarlarodrigueszanin_dissert1,31 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.