Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/243
Tipo do documento: Dissertação
Título: Doença periodontal como fator de risco coronariano São José do Rio Preto: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, 2006.
Autor: Accarini, Renata 
Primeiro orientador: Godoy, Moacir Fernandes de
Resumo: Ainda permanecem controvérsias quanto à ligação causal e mecanismos fisiopatológicos que expliquem a associação entre Doença Periodontal e Doenças Cardiovasculares. Objetivo: Detectar a existência de associação entre doença periodontal ativa (DP) e ocorrência de Síndromes Coronárias Agudas (SCA). Casuística e Método: Foram avaliados 361 pacientes (57,3% do sexo masculino), com idades variando de 27 a 89 (média DP=60,5 12,2 anos) internados na Unidade de Tratamento Intensivo de um Hospital de Ensino com quadro clínico e complementar de SCA. Todos foram submetidos a exame periodontal completo, no próprio ambiente da UTI sendo que 325 (90,0%) realizaram cinecoronariografia para confirmação diagnóstica e/ou programação de conduta terapêutica. O exame periodontal consistiu na avaliação de todos os dentes presentes na cavidade oral e dos seguintes parâmetros: profundidade clínica de sondagem, nível de inserção clinica, índice de placa e índice gengival. Resultados: Dos 325 pacientes, 91 (28,0%) apresentavam artérias coronárias isentas de obstrução ou com obstruções discretas (<= 50% de perda de diâmetro), havendo obstruções importantes nos 72,0% restantes. O teste exato de Fisher mostrou valor de P de 0,0245 e ODDS Ratio de 2,571 (IC 95% 1,192 a 5,547), ou seja, documentou-se cerca de 2,5 vezes mais possibilidade de presença de DP ativa no grupo com SCA e coronariopatia obstrutiva significante. Conclusão: Constatou-se associação significante entre presença de doença periodontal ativa e doença coronária obstrutiva de grau importante em pacientes com Síndrome Coronária Aguda, reforçando a importância da prevenção e tratamento adequado da doença periodontal, que deve ser considerada como fator de risco potencial na etiologia e na instabilização da placa aterosclerótica.
Abstract: Ainda permanecem controvérsias quanto à ligação causal e mecanismos fisiopatológicos que expliquem a associação entre Doença Periodontal e Doenças Cardiovasculares. Objetivo: Detectar a existência de associação entre doença periodontal ativa (DP) e ocorrência de Síndromes Coronárias Agudas (SCA). Casuística e Método: Foram avaliados 361 pacientes (57,3% do sexo masculino), com idades variando de 27 a 89 (média&#61617;DP=60,5&#61617;12,2 anos) internados na Unidade de Tratamento Intensivo de um Hospital de Ensino com quadro clínico e complementar de SCA. Todos foram submetidos a exame periodontal completo, no próprio ambiente da UTI sendo que 325 (90,0%) realizaram cinecoronariografia para confirmação diagnóstica e/ou programação de conduta terapêutica. O exame periodontal consistiu na avaliação de todos os dentes presentes na cavidade oral e dos seguintes parâmetros: profundidade clínica de sondagem, nível de inserção clinica, índice de placa e índice gengival. Resultados: Dos 325 pacientes, 91 (28,0%) apresentavam artérias coronárias isentas de obstrução ou com obstruções discretas (<= 50% de perda de diâmetro), havendo obstruções importantes nos 72,0% restantes. O teste exato de Fisher mostrou valor de P de 0,0245 e ODDS Ratio de 2,571 (IC 95% 1,192 a 5,547), ou seja, documentou-se cerca de 2,5 vezes mais possibilidade de presença de DP ativa no grupo com SCA e coronariopatia obstrutiva significante. Conclusão: Constatou-se associação significante entre presença de doença periodontal ativa e doença coronária obstrutiva de grau importante em pacientes com Síndrome Coronária Aguda, reforçando a importância da prevenção e tratamento adequado da doença periodontal, que deve ser considerada como fator de risco potencial na etiologia e na instabilização da placa aterosclerótica. Abstract Positive association between periodontal disease and coronary diseases is unclear concerning physiopathologic mechanisms and causal relationship. The aim of this study was to assess the association between active periodontal disease active and obstructive coronary artery disease in patients with acute coronary syndromes. Method: 361 (57.3% males; mean age 60.5+12.2) patients referred for diagnostic coronary vessel disease were assessed for periodontal disease and also submitted to coronary angiography with diagnostic and prognostic purposes. Each patient underwent a full-mouth periodontal examination which included gingival bleeding, plaque index, periodontal pocket depths, attachment levels and missing teeth. For statistical analysis was used the Exact Fisher test and was accepted an Alfa error of 5%. Results: 28% patients haven t significant coronary vessel obstructions (<50% diameter obstruction) and 72.0% had significant obstructive disease (>50% diameter obstruction). The Exact Fisher Test showed p-value of 0.0245 and ODDS Ratio of 2.571 (95%CI from 1.192 to 5.547). So there was a 2.5 fold increase in the chance for active periodontal disease in patients with significant obstructive coronary artery disease. Conclusion: Our study indicates a positive and significant association between periodontal disease and obstructive coronary disease among patients with acute coronary syndromes becoming periodontal disease as a potential risk factor in etiology and outcome of atherosclerotic plaque. Results of this and other investigations should be taken into account in the future researches in order to validate this association.
Palavras-chave: Arteriosclerose Coronária
Coronariopatia
Inflamação
Cardiologia
Fatores de Risco
Periodontal Disease
Atherosclerosis
Inflammation
Fisk Factor
Obstructive Coronary Artery Disease
Arteriosclerosis Coronária
Coronary Arteriosclerosis
Coronary Arteriosclerosis
Coronary Disease
Inflamación
Inflammation
Cardiology
Factores de Riesgo
Risk Factors
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: ACCARINI, Renata. Doença periodontal como fator de risco coronariano São José do Rio Preto: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, 2006.. 2006. 76 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/243
Data de defesa: 16-Out-2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
renataaccarini_dissert.pdf304,24 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.