Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/160
Tipo do documento: Tese
Título: Identificação e genótipos de giardia intestinalis em humanos e animais no noroeste do estado de São Paulo, Brasil
Autor: Godoy, Elenir Alves Macedo de 
Primeiro orientador: Machado, Ricardo Luiz Dantas
Primeiro membro da banca: Cavasini, Carlos Eugênio
Segundo membro da banca: Zuccari, Debora Aparecida Pires de Campos
Terceiro membro da banca: Beletti, Marcelo Emílio
Quarto membro da banca: Luvizotto, Maria Cecília Rui
Resumo: Introdução: Giardia intestinalis tem sido associada a episódios diarréicos em inquéritos epidemiológicos. Pesquisas moleculares evidenciaram que G. intestinalis apresenta sete genótipos: A, B, C, D, E, F e G. Somente os genótipos A e B foram detectados em humanos, mas também em outros hospedeiros mamíferos, sendo considerados, portanto zoonóticos. Genótipos C e D incluem isolados de cães; E é relacionado a animais de produção; porcos, ovelhas, bovinos e caprinos e os genótipos F e G são exclusivos de felinos domésticos e ratos, respectivamente. Estudos moleculares também revelaram que o genótipo A apresenta dois subgrupos; A-I e A-II e B; BIII e BIV. Objetivo: O presente trabalho objetivou estudar a distribuição dos genótipos de G. intestinalis em humanos, caninos, felinos domésticos, ovinos, bovinos e caprinos, especificamente em relação aos padrões de transmissão no noroeste do Estado de São Paulo, Brasil, e avaliar a hipótese de infecção zoonótica. Métodos: No período de julho de 2009 a outubro de 2010 foram estudadas amostras fecais de 61 animais e 154 humanos provenientes do município de Araçatuba, Estado de São Paulo. As amostras de fezes dos animais foram obtidas no Centro de Controle de Zoonoses do município e no Hospital Veterinárío da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho . Os espécimes fecais humanos foram coletados em creches na periferia da cidade e em laboratórios de Análises Clínicas da rede privada do município. O diagnóstico parasitológico foi feito por microscopia óptica, pelas técnicas de Faust e Hoffmann, Pons & Janer. Os genótipos de G. intestinalis foram caracterizados por PCR-RFLP e confirmado por seqüenciamento do gene ß-giardina. Resultados: As amostras humanas mostraram uma positividade de 25.3% (39/154), destas, a percentagem em crianças foi de 26.8% (36/134), já em adultos obteve-se 15% de amostras positivas (3/20). A frequência de G. intestinalis entre os animais estudados foi de 23% (14/61). Um total de 32 isolados de G. intestinalis obtidos a partir de fezes humanas e seis de cães e gatos foram característicos apenas do genótipo A (AI e AII/AIII). Conclusão: Com relação à frequencia da Giardíase, nossos resultados são semelhantes à maioria das porcentagens descritas em crianças e adultos do Estado de São Paulo e de outros Estados do Brasil. A prevalência observada na população animal está de acordo com as taxas de infecção mundiais descritas. Foram detectados genótipos considerados zoonóticos de G. intestinalis, circulando entre os animais domésticos e humanos da cidade de Araçatuba, inferindo a possibilidade de transmissão zoonótica do parasito na região noroeste do Estado de São Paulo. A ausência destes genótipos em animais de produção oferece a perspectiva de que os mesmos não estão envolvidos na cadeia de transmissão ao homem na mesma localidade.
Abstract: Introduction: Giardia duodenalis is the protozoan frequently found in the intestinal infection causing gastroenteritis worldwide. The G. duodenalis is complex specie with at least seven different assemblages. The A and B assemblages have been associated with infections in human as well as in other mammals, while the other assemblages have demonstrated to prefer different animal species. Genotypes C and D was include isolated of dogs; E is related to production animals, such as, goats, pigs, sheeps and bovines and genotypes F and G are exclusive of domestic felines and rats, respectively. Molecular studies had also disclosed that the genotype presents two sub-groups; A-I and A-II and B; BIII and BIV. Objective: The present study objectified to study domestic, the epidemiology of the G. intestinalis genotypes in human beings, canines, domestic felines, ovines, bovines and caprines, specifically in relation to the standards of transmission in the Northwestern region of the São Paulo State, Brazil, and to evaluate the hypothesis of zoonotic infection. Methods: During the period of July 2009 to October 2010 they had been studied fecal samples of 61 animals and 154 human beings proceeding from the city of Araçatuba, State of São Paulo. The feaces samples of the animals had been gotten in the Control center of Zoonoses of the city and in the Veterinarian Hospital of Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho . The human fecals specimens had been collected in day-care centers in the periphery of the city and laboratories of Clinical Analysis of the private net of the city. The parasitologic diagnosis was made by optic microscopy, by the techniques of Faust and Hoffmann, Pons & Janer. The genotypes of G. intestinalis had been characterized by PCR-RFLP and confirmed by sequencing analysis of the ß-giardin gene. Results: The human beings samples had shown a positivity of 25.3% (39/154), of these, the percentage in children was of 26.8% (36/134), and in adults got 15% of positive samples (3/20). The frequency of G. intestinalis between the studied animals was of 23% (14/61). A total of 32 isolated of G. intestinalis obtained from human beings feces and 6 of the dogs and cats had been characteristic only of the genotype A (AI and AII/AIII). Conclusions: Regarding the Giardíase frequency, our results are similar to the majority of described percentages in children and adults from São Paulo State and other States of Brazil. The prevalence observed in the animal population is in accordance with the described worldwide. The present study was made possible the detention of the considered genotypes zoonotics of G. intestinalis, circulating between the domestic and human animals of the city of Araçatuba, inferring the possibility of zoonotic transmission of the parasite in the northwest region of the State of São Paulo. The absence of these genotypes in production animals offers the perspective that those are not involved in the chain of transmission to the man in the same locality.
Palavras-chave: giardia intestinalis
epidemiologia
zoonose
genótipos
animais
giardia intestinalis
zoonosis
genotype
epidemiology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: GODOY, Elenir Alves Macedo de. Identificação e genótipos de giardia intestinalis em humanos e animais no noroeste do estado de São Paulo, Brasil. 2012. 143 f. Tese (Doutorado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/160
Data de defesa: 29-Mai-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
eleniralvesmachadogodoy_tese.pdf3,05 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.