Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/158
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos adversos da poliquimioterapia para hanseníase
Autor: Kubota, Rosina Maria Martins 
Primeiro orientador: Vendramini, Silvia Helena Figueiredo
Primeiro coorientador: Paschoal, Vânia Del´arco
Primeiro membro da banca: Azoubel, Reinaldo
Segundo membro da banca: Santos, Natália Sperli Geraldes Marin dos
Resumo: Introdução: A poliquimioterapia (PQT/OMS) para o tratamento da hanseníase pode causar efeitos adversos relacionados à Rifampicina (RMP) ou Dapsona (DDS). Esses efeitos levam à mudança terapêutica. Objetivos: Identificar as causas da mudança terapêutica e avaliar as condições clínicas dermatológicas dos pacientes que fizeram uso de doses alternativas. Método: Estudo prospectivo, descritivo e transversal com instrumento dividido em pré e pós-alta. De 182 pacientes tratados entre 1995 a 2007 com PQT/OMS, 34(18,7%) fizeram doses alternativas e destes, 21 localizados para a entrevista.Utilizou-se o teste Qui-quadrado com valor-p<0,05. Resultados: O perfil era constituído por casados, de 40 aos 59 anos, baixa condição socioeconômica e escolaridade. Os pacientes paucibacilares (PB) e multibacilares (MB) sem o uso de DDS e de RMP tiveram as últimas baciloscopias (BAAR) negativas (>50%), e os resultados positivos dos restantes mostraram involução lenta. A maior incidência quanto à forma clínica foi a virchowiana nos intolerantes à DDS e a dimorfa nos sem a RMP. Os efeitos adversos acometeram mais os pacientes MB e apareceram entre 1-2 meses. Dos 73,5% intolerantes à DDS, a mudança do esquema terapêutico foi relacionado às causas hematológicas (48,5%) e os à RMP (26,5%) os problemas hepatológicos (50%). Na avaliação pós-alta, as placas e nódulos desapareceram e as manchas aumentaram de número (valor de p<0,05). Desenvolveu-se lesões neurais, com dor geral ou localizada em membros, diminuição da sensibilidade e da força muscular, com aparecimento de garra móvel (valor de p<0,05). Conclusão: A evolução das incapacidades revelou a necessidade de monitorar atentamente a função neural nos casos de alta.
Abstract: Introduction: Multidrug therapy (MDT/WHO) forthe treatment of Leprosy´s can cause adverse effects related to Rifampicin (RMP) or Dapsone (DDS). These effects can change the therapeutic regimen. Objectives: To identify the causes of change intreatment and to evaluate the clinical dermatologica and conditions of patients who underwent alternative therapy. Method: A prospective, descriptive and cross-sectional study with instrument divided into pre and post discharge. Out of 182 patients treated between1995 to 2007with MDT/WHO; 34(18.7%) underwent alternative doses and of these, 21were located for the interview Chi-Square test with p-value<0.05 was used. Results: The sample comprised: all married, 40 to59 years, low socioeconomic and educational status. Paucibacillary (PB) and multibacillary (MB) patients without using DDS and RMP had as negative the last bacilloscopy (>50%), and the positive results of the others showed slow involution. The most frequent incidence according to clinical form was lepromatous in the intolerant to DDS and borderline leprosy in the ones without RMP. Adverse effects mostly accounted MB patients and appeared between 1-2months. According to 73.5% of the DDS intolerant, the change of the therapeutic regimen was related with hematological causes (48.5%), and the ones to RPM (26.5%) with hepatological problems (50%). In the post-discharge assessment, the nodules and plaques have disappeared and the amount of spots increased (p<0.05). Neural lesions, orpain in the limbs were developed, sensitivity and muscle strength diminished, and claw toes (p<0.05) appeared. Conclusion: The development of disability revealed the need of monitoring carefully the neural function in cases of discharge.
Palavras-chave: hanseníase
quimioterapia combinada
efeitos adversos
morbidade
incapacidade
leprosy
combined chemotherapy
adverse effects
morbidity
disability
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: KUBOTA, Rosina Maria Martins. Efeitos adversos da poliquimioterapia para hanseníase. 2012. 102 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/158
Data de defesa: 26-Nov-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
rosinamariamartinskubota_dissert.pdf3,2 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.