Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/150
Tipo do documento: Tese
Título: Técnicas de neurorrafia: estudo experimental estereológico axonal comparativo.
Autor: Boer, Nagib Pezati 
Primeiro orientador: Batigália, Fernando
Primeiro membro da banca: Martins, Alex Tadeu
Segundo membro da banca: Cabral, Richard Halti
Terceiro membro da banca: Lopes Filho, João Damasceno
Resumo: Introdução: Há grande variedade de lesões que acometem nervos periféricos, derivadas de doenças adquiridas ou degenerativas congênitas que afetam a parte central do sistema nervoso e que ocasionam perda de funções sensoriomotoras. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi perfazer estudo experimental estereológico axonal pós-neurorrafias término-lateral ou látero-lateral para comparar densidade de volume de axônios, de endouneuro e de bainha de mielina (bem como massa muscular) em nervos fibular e tibial, com anastomose de contato entre 0,25cm e 0,50 cm. Material e Método: Após aprovação do comitê de ética, foram utilizados 20 ratos machos da raça Wistar divididos em 04 grupos de 05 ratos cada, para realização de anastomose entre nervos fibular e tibial (G1=Neurorrafia término-lateral; G2=Neurorrafia látero-lateral de 0,25cm; G3= Neurorrafia látero-lateral de 0,50cm e G4= Controle de normalidade). Após 180 dias, fragmentos de nervos foram fixados em formaldeído a 10%, incluídos em parafina e corados com Tricômico de Masson para estudo estereológico pelo programa Image Pro Plus versão 6.0, com grade de Weibel para determinação dos números absolutos e da densidade de volume de axônios, endoneuro e bainha de mielina e aplicação do teste não paramétrico de Mann-Whitney. Também o músculo tibial cranial foi removido e pesado em balança de precisão. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos, mas sim de todos os 03 grupos de estudo (G1, G2 e G3) em relação ao grupo controle (G4). Conclusões: Em estudo experimental estereológico comparativo entre neurorrafias, a densidade de volume de axônios, endoneuro e bainha de mielina de nervos tibial e fibular do mesmo modo que a massa muscular pós-cirúrgica se mantém equitativa em neurorrafias término-lateral e látero-lateral, independentemente da área de anastomose de contato. Pode-se inferir, como opções de reparo cirúrgico, tanto a neurorrafia término-lateral que recupera e previne a atrofia de placa motora quanto a neurorrafia látero-lateral que independe da distância entre os cotos nervosos.
Abstract: There are many varieties of lesions of the peripheral nerves derived from acquired or congenital degenerate diseases which can affect the central nervous system and can cause loss of sensory and motor functions. The aim of this work was to make an experimental stereological study of the axons after end-to-side neurorrhaphies and after side-to-side neurorrhaphies to compare the axon, endoneural and myelin sheath volume densities (as well as the muscle mass) in the fibular and tibial nerves with contact anastomosis between 0.25cm and 0.50 cm. After approval by the Ethics Committee, twenty male Wistar rats were divided into four distinct groups of five rats each for the anastomosis between the tibial and fibular nerves (G1= end-to-side neurorrhaphy; G2= 0.25cm side-to-side neurorrhaphy; G3= 0.50cm side-to-side neurorrhaphy and G4= control group of normality and denervation). After 180 days, nervous fragments were fixed in 10% formaldehyde included in paraffin and stained with Masson's trichrome tecnique for the stereological study by the software Image Pro Plus ® version 6.0 with the adoption of Weibel stereological grid to set the axon, endoneural and myelin sheath volume densities. The Mann-Whitney (U Test) was applied for the statistical analysis. Also tibial cranial muscles were removed and then weighed in a precision scale. There was no statistically significant difference between the groups, but there were significant differences comparing the 3 groups (G1, G2 e G3) to the control group (G4). The axon, enduneral and myelin sheath volume densities of tibial and fibular nerves as well as the muscle mass during postoperative period keep egalitarian for both end-to-side and side-to-side neurorrhaphies of anastomosis area of contact in experimental stereological study comparing neurorrhaphies. Therefore, both end-to-side neurorrhaphies (which recover and prevent the motor atrophy) and side-to-side l neurorrhaphies which is independent on the gap of the nerve stumps are recommended as surgical treatment options.
Palavras-chave: Anatomia
Estereologia
Nervo periférico
Neurorrafia
Anatomy
Stereological
Peripheral nerve
Neurorrhaphy
Anatomia
Anatomía
Anatomy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: BOER, Nagib Pezati. Técnicas de neurorrafia: estudo experimental estereológico axonal comparativo.. 2012. 169 f. Tese (Doutorado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/150
Data de defesa: 17-Out-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
nagibpezatiboer_tese.pdf2,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.