Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/138
Tipo do documento: Tese
Título: Eficácia da drenagem linfática mecânica no tratamento do linfedema pós-mastectomia.
Autor: Bordin Junior, Newton Antonio 
Primeiro orientador: Godoy, José Maria Pereira de
Primeiro membro da banca: Oliani, Antonio Hélio
Segundo membro da banca: Bagarelli, Lucia Buchalla
Terceiro membro da banca: Bauab, Selma de Pace
Quarto membro da banca: Lopes, Ademar
Resumo: O lindedema pós-câncer de mama enquadra-se no tipo secundário de linfedema e segue os mesmos padrões diagnósticos e terapêuticos dos demais tipos de linfedema. Sua prevalência varia entre 7% a mais de 50% das pacientes submetidas ao tratamento cirúrgico, dependendo da abordagem cirúrgica realizada e dos tratamentos complementares empregados. Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da drenagem linfática mecânica na redução de volume dos membros linfedematosos pós-tratamento câncer de mama e a identificação do tempo ideal de tratamento. Pacientes e Método: De julho 2007 a julho de 2008, 25 pacientes com linfedema pós-tratamento de câncer de mama foram avaliadas neste estudo, selecionadas por ordem de chegada, na Clínica Godoy. A idade das pacientes variou entre 42 a 86 anos e a idade média foi de 55,6 anos. O diagnóstico do linfedema foi clínico e confirmado por volumetria. O linfedema foi confirmado quando a diferença de volume era maior que 200 ml entre os membros. Considerou-se como critério de exclusão a presença de infecção ativa, problemas articulares envolvendo a imobilidade devido a comprometimento neurológico ou qualquer condição clínica com contraindicação para atividade física como a insuficiência cardíaca e o câncer em atividade. O estudo foi dividido em duas fases sendo que todas pacientes realizaram a volumetria por técnica de deslocamento de água antes a após a atividade. Na fase I (n = 25) as pacientes realizaram uma hora de atividade e na fase II (n = 13) as pacientes realizaram três horas de atividade, sendo feito a volumetria ao final de cada hora. O dispositivo eletromecânico RAGodoy®, que faz de 15 a 25 movimentos de flexão e extensão passivas da articulação do cotovelo, foi usado para a drenagem mecânica do membro. Para análise estatística foi usado o teste-t com correção alfa de Bonferroni = 0,008, considerando erro alfa de 5% (valor p&#8804; 0,05) como significativo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-SP. Resultados: A redução do volume foi significativa na Fase I (uma hora de tratamento: p < 0,001), sendo a média do peso inicial de 2026,4g e final de 1967,2g (perda média de 59,2 g). Na Fase II (três horas de atividade) as reduções foram significativas na primeira e segunda horas (p < 0,0005 e p < 0,002, respectivamente). Entretanto, entre a segunda e terceira hora, a diferença não foi estatisticamente significativa. Conclusões: Conclui-se que o dispositivo mecânico reduz o volume de membro linfedematoso durante sua aplicação, sendo mais eficaz na primeira hora mas proporciona redução significativa quando usado por até duas horas.
Abstract: Although lymphedema resulting from the treatment of breast cancer is secondary lymphedema, it follows the same diagnostic and treatment criteria as other types of lymphedema. Its prevalence varies from 7% to more than 50% of patients submitted to surgery depending on the surgical approach and associated treatment employed. Main: objectives of this study were to evaluate the efficacy of mechanical lymphatic drainage in reducing the volume of lymphedematous limbs after breast cancer treatment and identify the optimal time of treatment. Patients and Method: From July 2007 to July 2008, twenty-five patients with lymphedema resulting from breast cancer treatment were enrolled in this study by order of arrival at the Godoy Clinic. The ages of the patients ranged from 42 to 86 years old (mean: 55.6 years). Diagnosis of lymphoedema was made clinically and confirmed by volumetry. Lymphedema was confirmed with a difference in volume between the patient s arms of more than 200 ml. Exclusion criteria were the presence of active infection, joint problems including immobility due to neurological involvement or any clinical condition in which physical exercises are contraindicated, such as heart failure and advanced active cancer. This study was divided into two stages with all patients being evaluated by water-displacement volumetry before and after activities. In phase I (n = 25) the patients were submitted to one hour of activities and phase II (n = 13) patients were submitted to three hours of activities with volumetry being carried out every hour. The RAGodoy® electromechanical device, which makes 15 to 25 passive flexion and extension movements of the elbow joint per minute, was used for mechanical lymphatic drainage. The t-test with a Bonferroni alpha correction of 0.008 was used for statistical analysis and an alpha error of 5% (p-value &#8804; 0.05) was considered significant. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Medical School in Sao Jose do Rio Preto. Results: The reduction in volume was significant in Phase I (one hour treatment: p < 0.001), with the initial mean weight being 2026.4 and final weight being 1967.2 (mean loss of 59.2 grams). In Phase II (three hours activities), the reductions were significant in the first and second hours (p <0.0005 and 0.002, respectively). However, no statically significant difference was seen using a Bonferroni alpha correction of 0.008 (p-value = 0.01) between the second and third hour. Conclusion: In conclusion the use of the device reduces the volume of lymphedematous limbs; it is most effective in the first hour, but provides significant reductions for a maximum of two hours.
Palavras-chave: Câncer de Mama
Linfedema Secundário
Drenagem Linfática
Dispositivo Mecânico
Lymphedema
breast cancer
mechanical lymphatic drainage
Oncologia
Oncología Médica
Medical Oncology
Neoplasias da Mama
Neoplasias de la Mama
Breast Neoplasms
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::CANCEROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: BORDIN JUNIOR, Newton Antonio. Eficácia da drenagem linfática mecânica no tratamento do linfedema pós-mastectomia.. 2012. 62 f. Tese (Doutorado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/138
Data de defesa: 25-Mai-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
newtonbordin_tese.pdf2,05 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.