Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/10
Tipo do documento: Dissertação
Título: Síndrome do túnel do carpo: aspectos clínico-epidemiológicos e de condução nervosa em 668 casos.
Título(s) alternativo(s): Carpal tunnel syndrome: clinical, epidemiological and nerve conduction studies in 668 cases.
Autor: Kouyoumdjian, João Aris 
Primeiro orientador: Chueire, Alceu Gomes
Primeiro membro da banca: Yacubian, Elza Márcia Targas
Segundo membro da banca: Brasil Neto, Joaquim Pereira
Resumo: Foram estudados 668 pacientes (1,059 mãos) com síndrome do túnel do carpo (stc) entre janeiro de 1989 e junho de 1996, o critério de seleção e inclusão dos pacientes baseou-se na diferença de latência sensitiva 1,0 ms entre os potenciais de ação sensitivos (pas) dos nervos mediano e radial após estimulação simultânea no punho e resgistro no i dedo (dmr), representando diferença maior que 6 desvios-padrão. Todos os casos tiveram estudo eletrofisiológico bilateral, sendo excluídos casos com cirurgia prévia ou evidência de neuropatia periférica. Nota de Resumo A idade variou de 17 a 83 anos com a média de 47,5 anos; 91,3% eram do sexo feminino; 72% referiam sintomatologia bilateral e 85,3% referiam sintomatologia bilateral e 85,3% no período noturno/matinal; dor, dormência e formigamento foram conjuntamente referidos por 64,4%, sendo que dor como sintoma isolado foi raro; além da mão, houve extensão do quadro álgico para outros territórios em 39,4%; 0s sintomas ocorreram em todos dos dedos em 42,5% seguindo do III, III-IV, I-II-III e II-III-IV dedos; não houve correlação precisa com antecedentes treumáticas no punho. A duração da sintomalogia foi ampla, variando de 1 a 120 meses; não houve correlação entre tempo de sintomatologia e gravidade da compressão do nervo mediano no campo. Valor de dmr 1,0 ms correlacionou-se em 95% dos casos com latência distal motora do nervo mediano 4,25 ms (80mm) e com latência distal sensitiva punho - ii dedo 3,14 ms (vs 44,6 m/s) e punho - iv dedo 3,26 ms (vc 42,9 m/s), todos com 140 mm de distância e latância medida no início do pas. Nota de Resumo Os resultados estabelecem novos critérios anormais para o diagnóstico eletrofisiológico de stc em uma população brasileira para a condução motora (latência distal motora do nervo mediano) e sensitiva (latência distal sensitiva do nervo mediano após dmr 1,0 ms (diagnóstico seguro de stc em praticamente 100% dos casos suspeitos).
Abstract: Carpal tunnel syndrome: clinical, epidemiological and nerve conduction studies in 668 cases Between January/89 and June/96, 1,059 carpal tunnel syndrome hands (CTS) from 668 patients were studied. None had been previously operated and all had bilateral conduction studies; peripheral neuropathy was excluded. The patients were selected with sensory median/radial difference (MRD) ³ 1.0 ms that strongly supports electrodiagnosis of CTS (standard deviation > 6) after simultaneous stimulation on wrist and recording on thumb. The age ranged from 17 to 83 years (mean 47.5) and 91.3% were female; the complaints were bilateral in 72% and nocturnal/awakening in 85.3%; pain, numbness and paraesthesia occurred in 64.4%; pain as the only symptom was rare but proximal extension was frequent (39.4%); all fingers were symptomatic in 42.5%, followed by middle, middle-ring, thumbindex- middle and then index-middle-ring ones; there was no correlation with traumatic past history on wrist. The duration CTS symptoms ranged from 1 to > 120 months without precise correlation with the severity of conduction abnormalities on median nerve. MRD ³ 1.0 ms correlates in 95% with median distal motor latency > 4.25 ms (80 mm distance) and with median distal sensory latency to index finger ³ 3.01 ms, middle finger ³ 3.14 ms and ring finger ³ 3.26 ms, all of them 140 mm distance, antidromic and onset-measured. The results have brought new values for the limit of normality in our EMG laboratory since MRD ³ 1.0 ms is very sensitive for CTS diagnosis.
Palavras-chave: Neurologia
Síndrome do Túnel Carpal
Síndromes de Compressão Nervosa
Compressão Nervosa
Síndrome Del Túnel Carpiano
Compresión Nervosa
Neurology
Carpal Tunel Síndrome
Nerve Crush
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::NEUROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: KOUYOUMDJIAN, João Aris. Carpal tunnel syndrome: clinical, epidemiological and nerve conduction studies in 668 cases.. 1998. 76 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, 1998.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/10
Data de defesa: 31-Jul-1998
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
joaoariskouyoumdjian_dissert.pdf599,11 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.