Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/tede/140
Tipo do documento: Dissertação
Título: Infecções oportunistas em portadores de HIV/AIDS da Rede Pública de Catanduva, Estado de São Paulo, Brasil.
Autor: Schiesari Júnior, Arlindo 
Primeiro orientador: Machado, Ricardo Luiz Dantas
Primeiro coorientador: Rossit, Andrea Regina Baptista
Primeiro membro da banca: Salles, Mauro José Costa
Segundo membro da banca: Lopes, José Carlos
Resumo: Nós apresentamos o perfil clínico e epidemiológico de indivíduos portadores do HIV-1 antes e durante a era da terapia antirretroviral altamente ativa (HAART) de um hospital terciário que atende uma grande população da região Sudeste do Brasil. Estudo retrospectivo, transversal e descritivo que envolveu a análise de prontuários dos pacientes diagnosticados com HIV-1/AIDS atendidos no Hospital Escola Emílio Carlos, localizado no município de Catanduva, Estado de São Paulo, Brasil. Em ambos os períodos pré-HAART e HAART, a infecção por HIV-1 foi mais prevalente em homens. Heterossexualidade e nível de escolaridade do ensino médio foram os fatores de risco para aquisição da doença no período HAART. Associação estatisticamente significante foi observada somente para a coinfecção HIV-1/Hepatite C na era pré-HAART e o número de pacientes com infecções oportunistas (IO) foi menor no período HAART. Entre todas estas IO vale à pena mencionar a pneumocistose pulmonar, pois apesar de ser freqüente nos dois períodos, sua ocorrência foi significativamente maior na era pré-HAART. Quanto à distribuição de IO de acordo com a carga viral do HIV-1 e contagem de linfócitos T CD4 +, uma associação significativa foi observada. A associação entre o número de mortes por IO e a taxa de sobrevivência de menos de um ano na era HAART foi significativa. O quadro clínico e epidemiológico de um centro de atendimento especializado em HIV-1/AIDS em um município na região sudeste do Brasil é compatível com a epidemiologia atual da AIDS no país. Em conclusão, nossos resultados indicam que as IO ainda são importantes causas de morbi-mortalidade entre os pacientes infectados por HIV-1/AIDS no município de Catanduva, particularmente a pneumocistose pulmonar, a tuberculose e a meningoencefalite criptococócica. Estamos cientes de que estudos retrospectivos como o nosso, que envolvem a revisão de prontuários médicos, podem apresentar algumas limitações decorrentes da escassez, ou mesmo da ausência de informações.
Abstract: Hereby we present the epidemiological and clinical profile of the HIV-infected group before and during the HAART era from a tertiary care hospital catering to a large population from the Southeastern Brazilian region. A retrospective, cross-sectional and descriptive study was carried out, which involved the analysis of the medical records of patients diagnosed with HIV-1/AIDS admitted to Hospital Escola Emílio Carlos, located in the municipality of Catanduva, State of São Paulo, Brazil. In both pre-HAART and HAART periods, HIV-1 infection was more prevalent in men. Heterosexuality and secondary education were the risk facts for acquisition of the disease in the HAART period. Statistically significant association was only observed for co-infection with HIV-1/Hepatitis C in the pre-HAART era and the number of patients with opportunistic illness (OI) was lower in the HAART period. Among all these OI it is worth mentioning pulmonary pneumocystosis, since despite being frequent in the two periods, its occurrence was considerably greater in the pre-HAART era. Concerning the distribution of OI according to the HIV-1 viral load and serial count of T CD4+ lymphocytes, a significant association was observed. The association between the number of deaths by OI and the survival rate of less than 1 year in the HAART period was significant. The clinical and epidemiological picture of a specialized HIV-1/AIDS Center in a municipality in the southeastern region of Brazil is consistent with the current epidemiology of AIDS in the country. In conclusion, our results indicate that the OI are still important causes of morbi-mortality among HIV-1/AIDS infected patients in the municipality of Catanduva, particularly pulmonary pneumocystosis, tuberculosis and cryptococcal meningoencephalitis. We are aware that retrospective studies such as ours, which involve the review of patients medical records, may present some limitations arising from the scarcity or even absence of information.
Palavras-chave: Epidemiologia
HIV
AIDS
HAART
Infecções oportunistas
Brasil
Epidemiology
HIV
AIDS
HAART
Opportunistic infections
Brazil
Saúde Pública
Salud Pública
Public Health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Sigla da instituição: FAMERP
Departamento: Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: SCHIESARI JÚNIOR, Arlindo. Infecções oportunistas em portadores de HIV/AIDS da Rede Pública de Catanduva, Estado de São Paulo, Brasil.. 2010. 100 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Interna; Medicina e Ciências Correlatas) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do RioPreto, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/140
Data de defesa: 25-Nov-2010
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
arlindoschiesarijunior_dissert.pdf991,33 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.